5 coisas que vão marcar o dia

INE divulga dados sobre emprego e OCDE avança indicadores compósitos avançados. Costa encontra-se com Proteção Civil e PCP promove conferência sobre aumento das reformas.

Esta quarta-feira é dia de conhecer como se portou o emprego português, no segundo trimestre do ano. A OCDE, por sua vez, apresenta os indicadores compósitos avançados e o BCE lança o Boletim Económico sobre consumo privado. Dos dados estatísticos para a política, o primeiro-ministro encontra-se com a Proteção Civil e o PCP promove uma conferência sobre a valorização do poder de compra dos reformados.

Como se portou o emprego no segundo trimestre?

O Instituto Nacional de Estatística divulga, esta quarta-feira, os dados do emprego relativos ao segundo trimestre do ano. Nos primeiros três meses do ano, a taxa de desemprego recuou para mínimos de 2008, mantendo a tendência de emagrecimento já registada no final do ano passado. Assim, no primeiro trimestre de 2018, a taxa em causa ficou-se nos 7,9%, o que representou uma redução homóloga de 2,2 pontos percentuais. Por outro lado, nesse mesmo período, a taxa de população empregada registou uma variação trimestral quase nula e homóloga de apenas 3,8%.

OCDE divulga indicadores compósitos

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) avança, esta quarta-feira, os indicadores compósitos avançados, que sinalizam as possíveis alterações no ciclo económico nos próximos seis a nove meses. Em outubro, esta organização estimou que a Zona Euro manteria um “crescimento estável”. Nessa ocasião, a OCDE apontou ainda que essa mesma tendência seria registada nos EUA e adiantou que no Brasil e na China se manteriam os sinais de crescimento económico.

BCE realiza pré-lançamento do Boletim Económico

O Banco Central Europeu realiza, esta quarta-feira, em Frankfurt, na Alemanha, o pré-lançamento do Boletim Económico sobre “o consumo privado e seus condutores na atual expansão económica”. O evento está marcado para as 10h00. No início do ano, esta entidade sublinhou que o consumo privado tem sido apoiado pelo crescimento do emprego e que, portanto, tem vindo a beneficiar das reformas do mercado laboral e do aumento do bem-estar das famílias. Nesse mesmo sentido, na terça-feira, o BCE indicou que o aumento dos salários na Zona Euro tem vindo a estimular o consumo e, consequentemente, a promover o regresso da inflação a um nível considerado mais favorável para a economia.

Primeiro-ministro encontra-se com Proteção Civil

António Costa tem encontro marcado, esta quarta-feira, com a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC). O primeiro-ministro vai reunir-se às 10h30 com as autoridades em causa para assistir a um briefing técnico-operacional e para fazer um balanço da resposta operacional adotada face à onda de calor registada nos últimos dias. Recorde-se que as altas temperaturas colocaram mais de três dezenas de concelhos portugueses em risco máximo de incêndio, tendo sido registados vários fogos em Castelo Branco e, particularmente, no Algarve. O encontro deverá acontecer na sede da ANPC, em Carnaxide, Lisboa.

Como recuperar o poder de compra dos reformados?

O PCP promove, esta quarta-feira, uma conferência sobre o “aumento das reformas” como “condição para a recuperação do poder de compra dos reformados”. O evento, que terá lugar na sede do partido, contará com a presença de Jorge Cordeiro, membro da Comissão Política do Comité. Recorde-se que os comunistas consideraram, no debate do Estado da Nação, o caminho que tem sido feito nessa matéria “limitado e insuficiente”. Ainda assim, Jerónimo de Sousa esclareceu, em entrevista à TSF, que “os passos em diante, mesmo que tímidos, são sempre positivos”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião