Tesla sai de bolsa? Afinal, investidores sauditas estão de olho… na fabricante rival

Os investidores sauditas que Elon Musk identificou como potenciais financiadores da operação de saída de bolsa da Tesla estão em negociações com uma empresa rival, a Lucid Motors.

Afinal, os investidores sauditas que Elon Musk tinha identificado como potenciais financiadores da operação de saída de bolsa da Telsa têm os olhos postos numa empresa rival. Segundo a Reuters, o fundo soberano da Arábia Saudita está em conversações com a Lucid Motors, uma fabricante de automóveis elétricos fundada em 2007.

Lucid Motors ainda não começou a produção automóvel.Lucid Motors

Depois de ter feito os mercados tremer com o anúncio de que está a ponderar retirar a Tesla de bolsa e de ter assegurado que o financiamento dessa operação está garantido, Elon Musk veio explicar, na semana passada, que os sauditas estão, há muito, interessados em apoiar essa transação. Aliás, de acordo com o diretor executivo, várias foram as ocasiões em que os responsáveis pelo fundo soberano em causa abordaram a Telsa nesse sentido.

Parece, no entanto, que a Tesla não é o único alvo de interesse dos sauditas, cuja vontade é diversificar o seu portefólio de investimentos face ao futuro negro que se adivinha para o seu principal recurso energético, o petróleo.

“Obviamente, o fundo soberano saudita tem mais do que capital suficiente para executar tal transação”, escreveu Elon Musk, na nota divulgada, na segunda-feira. Ainda que o fundo detenha, de facto, ativos avaliados em 250 mil milhões de dólares, isto é, 218,5 mil milhões de euros, um negócio com a Lucid Motors pode ser mais adequado aos recursos que os investidores têm atualmente disponíveis (isto, depois de os sauditas já terem fechado “compromissos substanciais” com algumas gigantes tecnológicas).

De acordo com as fontes citadas pela Reuters, em cima da mesa está um investimento na ordem dos mil milhões de dólares (874 milhões de euros) pela aquisição da participação maioritária da rival da Tesla, que compara com os 72 mil milhões de dólares (62,9 mil milhões de euros) necessários para financiar a saída de bolsa da empresa de Musk.

Fundada em 2007 na Califórnia, a Lucid Motors foi criada por Bernard Tse — antigo vice-presidente da Tesla e ex-membro do conselho de administração — e Sam Weng. Até ao momento, a fabricante não começou a comercialização de veículos, embora tenha revelado, em 2016, um protótipo cujo início da produção está marcado para o fim deste ano.

Do outro lado da questão, está, claro, a Tesla. Fundada em 2003 por Martin Eberhard e Marc Tarpenning, a fabricante é atualmente liderada por Elon Musk. Apesar de estar num estado empresarial mais avançado do que a Lucid Motors — já tem três modelos no mercado — os investidores não estão propriamente contentes face aos sucessivos atrasos na produção do Tesla Model 3.

Aliás, face a esta crescente pressão, Elon Musk admitiu que o último ano foi o mais complicado da sua carreira. Ao The New York Times, o empreendedor disse mesmo estar “exausto”.

Comentários ({{ total }})

Tesla sai de bolsa? Afinal, investidores sauditas estão de olho… na fabricante rival

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião