Ryanair pede desculpa a 200 clientes. Cheques de indemnizações estavam inválidos

  • Lusa
  • 22 Agosto 2018

A transportadora aérea Ryanair pediu desculpa a cerca de 200 clientes que receberam cheques de compensação por atrasos ou cancelamentos de voos sem as assinaturas necessárias para os validar.

A transportadora aérea Ryanair pediu hoje desculpas a cerca de 200 clientes que receberam cheques de compensação por atrasos ou cancelamentos, sem as necessárias assinaturas para os validar.

Na rede social Twitter, a companhia de baixo custo garantiu que um “número diminuto, cerca de 190 num total de 20 mil” cheques de compensação emitidos em julho foram enviados sem a assinatura necessária devido a um “erro administrativo”.

Os cheques foram reenviados na semana passada, segundo a Ryanair, que pediu desculpas aos clientes afetados.

Desde abril que greves de controladores aéreos e protestos de pilotos e tripulantes de cabina da companhia têm afetado a operação da transportadora irlandesa.

Um porta-voz da companhia aérea reafirmou esta quarta-feira que a Ryanair “cumpre integralmente” a diretiva comunitária sobre indemnizações.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ryanair pede desculpa a 200 clientes. Cheques de indemnizações estavam inválidos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião