Eleven Sports ultrapassa Sport TV. Fica com a Fórmula 1 a partir de 2019

  • Lusa
  • 27 Agosto 2018

Eleven Sports Portugal anunciou, esta tarde, que chegou a acordo com a Fórmula 1 (F1) para a transmissão do campeonato do mundo em Portugal já a partir de 2019.

A Eleven Sports Portugal anunciou, esta segunda-feira, que chegou a acordo com a FIA para a transmissão do campeonato do mundo de Fórmula 1 em Portugal já a partir de 2019, e o contrato tem duração de três anos, ou seja, até 2021.

A compra dos direitos de transmissão de todas as provas daquela que é considerada a ‘categoria rainha do automobilismo’ “significa que estamos a mostrar que não é só futebol que vamos ter no nosso canal”, mas antes “um portefólio diversificado”, disse à Lusa o diretor não executivo da Eleven Sports Portugal, Pedro Mendonça Pinto. “Temos um excelente relacionamento com a Fórmula 1, eles estão muito contentes com o que temos feito nos outros mercados”, acrescentou o responsável.

O acordo, que inclui sessões de treinos livres e de qualificação, através de transmissões em direto, em diferido e repetidas, é por três anos, até 2021.

À semelhança do que faz nos outros mercados, no âmbito do campeonato de F1, a Eleven Sports Portugal vai ter repórteres no terreno a acompanhar as provas “e entrevistar os pilotos”, acrescentou Pedro Mendonça Pinto.

“A F1 é um produto ‘premium'”, prosseguiu o diretor não executivo da concorrente da Sport TV, salientando que, segundo os estudos que a empresa tem feito, “há uma comunidade muito forte” no mercado português “que segue o campeonato do mundo” atentamente. “Acredito que comprar estes direitos vai elevar a marca Eleven” junto do público português, disse.

A compra dos direitos do campeonato do mundo de F1 demonstra que a Eleven Sports “está em Portugal para ficar e oferecer aos seus subscritores o melhor do mercado” desportivo. A Eleven vai ter no terreno equipas de produção em todas as corridas.

Além do campeonato do mundo de Fórmula 1 da FIA, a Eleven Sports vai também transmitir em direto todas as provas do campeonato de Fórmula 2 e Fórmula 3 até 2021, reforçando assim o compromisso de ambos os parceiros em apresentar este desporto a novos públicos, conclui a empresa, em comunicado.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Eleven Sports ultrapassa Sport TV. Fica com a Fórmula 1 a partir de 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião