Simulações: Aumentos dos 3,45 aos 23 euros no valor das rendas mensais no próximo ano

O INE diz que a inflação, em agosto, sem considerar a habitação, foi de 1,15%. Este deverá ser o valor de referência para o aumento das rendas em 2019. Faça as contas para rendas dos 300 aos 2 mil €.

As rendas em Portugal deverão aumentar 1,15% no próximo ano. O INE diz que o valor da inflação, em agosto, sem considerar a habitação, foi de 1,15%. Este deverá ser o valor de referência para o aumento das rendas em 2019.

O INE anunciou esta sexta-feira que o valor da inflação (índice de preços no consumidor – IPC), sem considerar os preços da habitação, aumentou para 1,15% em agosto, o que representou um ligeiro acréscimo face aos 1,14% registados em julho.

 

O IPC de agosto, sem habitação, dos últimos 12 meses é o coeficiente que será utilizado para a atualização do valor das rendas no próximo ano.

A taxa de 1,15% anunciada pelo INE é uma estimativa rápida, sendo que o Instituto Nacional de Estatística deverá confirmar este valor de forma definitiva no próximo dia 12 de setembro. Este valor será depois publicado em Diário da República e, após essa data, os senhorios poderão comunicar o aumento das rendas aos inquilinos.

Esta atualização corresponderá ao valor mais alto desde 2013. Ainda assim, uma atualização abaixo da evolução esperada para os preços em 2019 que é de 1,4%, de acordo com as previsões do Governo e do Banco de Portugal.

Para calcular o valor do aumento, basta multiplicar o valor da renda atual pelo coeficiente de 1,15%. Por exemplo, numa renda de 500 euros mensais, os proprietários poderão aplicar um aumento de 5,75 euros, o que ao final do ano dá um valor acumulado de 69 euros. O aumento é válido para todos os arrendamentos celebrados após 1999.

No ano passado, o valor de atualização das rendas tinha sido substancialmente inferior, tendo o coeficiente de referência sido fixado nos 0,54%. Para uma renda de 500 euros, o aumento máximo a aplicar foi de 2,70 euros.

A atualização do valor das rendas não é uma obrigação, podendo o senhorio e o inquilino acordar não aumentar o valor, ou atualizar conforme está previsto no contrato de arrendamento.

Simulação do aumento do valor das rendas em 2019 (valores em euros)

(Notícia atualizada às 10h40 com as simulações).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Simulações: Aumentos dos 3,45 aos 23 euros no valor das rendas mensais no próximo ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião