Um em cada quatro americanos apagou o Facebook do telemóvel

Após o escândalo Cambridge Analytica, vários utilizadores americanos tomaram medidas contra o uso da rede social. 26% optou mesmo por desinstalar a aplicação.

As consequências do caso Cambridge Analytica continuam a ser muitas para o Facebook. De acordo com uma pesquisa, após esse escândalo, os utilizadores da rede social adotaram várias medidas para reduzir a utilização da aplicação, sendo que 26% dos inquiridos acabaram mesmo por desinstalá-la do smartphone, avança o Business Insider (conteúdo em inglês).

O Pew Research Center entrevistou mais de 4.500 utilizadores americanos após o escândalo do uso indevido de dados, concluindo que 54% ajustou as configurações de privacidade, enquanto 42% fez uma pausa na utilização do Facebook durante várias semanas. O mais surpreendente é que mais de um em cada quatro americanos (26%) acabou mesmo por excluir a aplicação.

Para além destes resultados, a pesquisa divulgada esta quarta-feira mostrou ainda que a cobertura noticiosa que tem sido feita pode afetar ainda mais a empresa fundada por Mark Zuckerberg.

A rede social esteve no centro de uma polémica internacional com a empresa Cambridge Analytica, acusada de ter recuperado dados de milhões de utilizadores sem o seu consentimento, com o objetivo de elaborar um programa informático destinado a influenciar o voto dos eleitores, favorecendo a campanha de Donald Trump.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Um em cada quatro americanos apagou o Facebook do telemóvel

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião