Bolsa do Brasil avança 6% com vitória de Bolsonaro na primeira volta das eleições

A vitória de Jair Bolsonaro na primeira volta das eleições brasileiras está a animar os mercados financeiros no Brasil. Índice Bovespa avança quase 6% e real valoriza 3% face ao dólar.

Os mercados financeiros no Brasil abriram em alta esta segunda-feira, um dia depois de Jair Bolsonaro, o candidato da extrema-direita à presidência, ter vencido a primeira volta com uma distância considerável do segundo candidato, Fernando Haddad, do PT. Os eleitores decidiram que haverá segunda volta para escolher o sucessor de Michel Temer.

O índice Bovespa abriu a valorizar 2,5%, mas acelerou e está a subir 5,8%. Os investidores estão expectantes de que uma vitória de Bolsonaro na segunda volta signifique reformas mais apertadas para reduzir o défice orçamental do país. Ao mesmo tempo, o real está a valorizar entre 3% e 3,74%.

Com 99,95% dos votos apurados, Bolsonaro, candidato pelo PSL, contabilizava 46,04% dos votos. Era seguido de longe por Fernando Haddad, candidato do PT, com 29,26%. Ciro Gomes surgia em terceiro, com 12,47% dos votos. O resultado dita que terá de haver segunda volta nestas eleições. Jair Bolsonaro defrontará Fernando Haddad no próximo dia 28 de outubro.

Evolução do índice Bovespa

Cerca de 147,3 milhões de brasileiros foram chamados este domingo a votar nas eleições em que estão em disputa o cargo de Presidente e também representantes no parlamento (Câmara dos Deputados e Senado) e nos governos regionais.

(Notícia atualizada às 14h29 com mais informações)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Bolsa do Brasil avança 6% com vitória de Bolsonaro na primeira volta das eleições

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião