Paulo Dentinho de saída. Administração escolhe novo diretor de informação dentro da RTP

Paulo Dentinho pôs o cargo à disposição após a polémica com um texto que publicou no Facebook sobre Ronaldo. Administração aceitou e escolhe novo diretor de informação.

Paulo Dentinho, diretor de informação da RTP, pôs o seu lugar à disposição esta quarta-feira, apurou o ECO junto de várias fontes próximas da estação pública de televisão. Já depois de avançar esta informação, o ECO apurou que a administração da estação pública vai aceitar a disponibilidade de Dentinho e que nomeará outra pessoa para o cargo.

Gonçalo Reis, presidente do conselho de administração da RTP, preferiu não fazer comentários, mas o ECO sabe que a saída de Dentinho, no cargo desde 2015, foi aceite. Segue-se agora um processo de seleção para o cargo, sendo que há preferência pela escolha de um nome dentro da empresa.

Na base da saída de Dentinho está um post na rede social criada por Mark Zuckerberg. A publicação em causa foi interpretada como um ataque ao futebolista Cristiano Ronaldo, que está a ser acusado de violação por uma mulher norte-americana.

Apesar de não referir o nome do internacional português, Dentinho escreveu que existem “violadas de primeira, de segunda categoria e de terceira”. Essa publicação foi, depois, apagada.

Este texto terá merecido condenação do Conselho de Redação da RTP, com Paulo Dentinho a recusar responder às questões dos elementos daquele organismo. No entanto, perante a polémica, acabou por colocar o cargo à disposição. E vai mesmo sair.

(Notícia atualizada às 22h05 com informação de que a estação vai mesmo substituir Paulo Dentinho)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Paulo Dentinho de saída. Administração escolhe novo diretor de informação dentro da RTP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião