Governo quer aumentar imposto sobre o tabaco. Maços podem ficar 20 cêntimos mais caros

  • ECO
  • 12 Outubro 2018

O Governo vai propor o aumento do imposto sobre os cigarros que pode levar o preço dos maços a subir em até 20 cêntimos.

O preço do tabaco vai aumentar em 2019, sendo que a subida pode chegar aos 20 cêntimos por cada maço, avançou o Dinheiro Vivo esta sexta-feira. No Orçamento do Estado para o próximo ano, o Governo propõe um incremento de um ponto percentual na componente ad valorem, que incide sobre o preço de mercado dos cigarros.

A taxa vai passar de 15% para 16%, enquanto o elemento específico do imposto deverá ser de 1,4%, o que implica que o Fisco cobre um imposto de 96,21 euros por cada 1.000 cigarros vendidos. Atualmente, cobra 94,38 euros. Segundo o Dinheiro Vivo, na maioria dos casos, os maços de cigarros vão ficar entre 11 e 14 cêntimos mais caros, mas a subida poderá chegar aos 20 cêntimos.

O jornal indica que a subida do imposto foi apresentado às empresas do setor do tabaco esta sexta-feira de manhã, pela voz do secretário dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes. A proposta terá apanhado de surpresa os responsáveis destas empresas e terá ido contra as negociações que terão ocorrido com o Governo durante os últimos seis meses.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo quer aumentar imposto sobre o tabaco. Maços podem ficar 20 cêntimos mais caros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião