Já são conhecidos os novos secretários de Estado. Saem 10, ficam 5. Galamba confirmado na Energia

Depois da remodelação governamental anunciada no domingo, já são conhecidos os nomes dos Secretários de Estado. São dez novos secretários de Estado, mantendo-se apenas cinco nos cargos que ocupavam.

Depois da remodelação governamental anunciada no domingo, já são conhecidos os nomes para as secretarias de Estado. São dez novos secretários de Estado, mantendo-se apenas cinco nos cargos que ocupavam anteriormente. O Presidente da República recebeu as propostas de nomeação de secretárias e secretários de Estado em Viseu.

O deputado socialista João Galamba está confirmado para a secretaria de Estado da Energia. Nesse Ministério mantêm-se os anteriores secretários de Estado, mas muda o título de José Mendes, que era secretário de Estado adjunto e do Ambiente, e que passa a ser secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade.

A pasta de Economia sofre grandes alterações. Para além do novo ministro, Pedro Siza Vieira, mudam os secretários e até o nome das pastas existentes no Ministério. A exceção é Ana Mendes Godinho, que se mantém como secretária de Estado do Turismo. Para secretário de Estado da Economia vai João Correia Neves, que passou pela Bial, e o novo secretário de Estado da Valorização do Interior é João Paulo Catarino. João Torres será secretário de Estado da Defesa do Consumidor.

Nos ministérios dos outros novos membros do Governo também há mudanças. Graça Fonseca, nova ministra da Cultura, terá agora Ângela Carvalho Ferreira como nova secretária de Estado da Cultura. Para secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, entra João Sobrinho Teixeira. Para substituir Graça Fonseca, o escolhido foi Luís Filipe Goes Pinheiro, que passa a ocupar o cargo de secretário de Estado da Modernização Administrativa.

Já na Saúde, pasta agora a cargo de Marta Temido, entra Francisco Ramos, ex-presidente do IPO de Lisboa, para secretário de Estado Adjunto e da Saúde, e Raquel Bessa de Melo como secretária de Estado da Saúde. Ana Isabel Figueiredo Pinto é a nova secretária de Estado da Defesa, Ministério que passou para a responsabilidade de João Gomes Cravinho depois da saída de Azeredo Lopes.

Entre os secretários que mantêm o cargo encontra-se Ana Pinho, que fica como secretária de Estado da Habitação. Também permanece no Governo o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, e Célia Ramos continua como secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza.

A tomada de posse dos novos secretários de Estado será esta quarta-feira, pelas 11h00, no Palácio de Belém.

(Notícia atualizada às 10h50)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Já são conhecidos os novos secretários de Estado. Saem 10, ficam 5. Galamba confirmado na Energia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião