PCP decide no domingo sentido de voto do Orçamento

  • Lusa
  • 23 Outubro 2018

O Comité Central do PCP vai decidir este domingo se, na generalidade, votará a favor ou não do Orçamento do Estado para 2019. A concretizar-se, será o quarto voto seguido favorável.

O Comité Central do PCP, órgão dirigente alargado entre congressos, reúne-se no domingo, em Lisboa, devendo confirmar um inédito quarto voto seguido favorável, na generalidade, ao Orçamento do Estado para 2019.

Fonte comunista disse à agência Lusa que os cerca de 150 membros da estrutura estão convocados a partir das 11h00 para discutirem “a situação política e social do país” e “as tarefas do partido”.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, vai protagonizar a conferência de imprensa de apresentação de conclusões, ao final da tarde, na sede nacional da rua Soeiro Pereira Gomes.

O PCP é o único partido da maioria de esquerda com posições conjuntas que viabilizaram o Governo do PS que ainda não assumiu o voto favorável à proposta de OE2019, o quarto e último da legislatura.

BE e PEV já se declararam a favor do documento, o qual foi negociado pelo executivo socialista com cada uma daquelas forças políticas, bilateralmente, e também com o PAN.

A reunião de domingo vai ser o terceiro encontro do género do ano de 2018, após eventos semelhantes do Comité Central comunista em janeiro e em junho.

O debate e votação na generalidade do OE2019 realiza-se nas próximas segunda e terça-feira, no parlamento, e a sua votação final global, após o período de discussão na especialidade, com possibilidade de introdução de alterações por todos os partidos, está agendada para 29 de novembro.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

PCP decide no domingo sentido de voto do Orçamento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião