Nova injeção de capital na CP. Já recebeu mais de 90 milhões este ano

O Governo voltou a injetar capital na CP, elevando para 91,9 milhões de euros o total de capital dado à empresa desde janeiro. Desta vez, foram 23 milhões de euros, que chegarão em duas fases.

O Governo voltou a injetar dinheiro na CP. Desta vez, o capital da empresa foi aumentado em 23 milhões de euros, mas o montante não vai chegar todo de uma vez. A CP vai receber 13 milhões de euros ainda este mês, e os restantes dez milhões em novembro. Desde o início do ano, o Estado já meteu 91,9 milhões de euros na empresa pública de comboios.

“A CP – Comboios de Portugal informa que o Estado Português aumentou o capital estatuário da empresa, em numerário, em 23 milhões de euros, dos quais 13 milhões de euros serão realizados em outubro e dez milhões de euros em novembro”, informa a empresa numa nota remetida à CMVM. Com esta operação, o capital da empresa passa a ser de 3,98 mil milhões de euros, informa o mesmo comunicado.

O último aumento de capital da CP foi anunciado no início de setembro, altura em que o Governo injetou 32 milhões de euros na CP. A empresa tem enfrentado dificuldades na prestação do serviço, estando presa a uma dívida elevada e contando com vários comboios parados devido a avarias e problemas. Recentemente, o presidente executivo da companhia, Carlos Gomes Nogueira, admitiu que a empresa vai continuar a ter falta de comboios até ao final do ano.

A CP está a trabalhar para se preparar para a liberalização do mercado do transporte ferroviário de passageiros, uma medida imposta por Bruxelas e que vai entrar em vigor no início do próximo ano. Isso vai permitir a entrada de operadores privados neste setor.

Comentários ({{ total }})

Nova injeção de capital na CP. Já recebeu mais de 90 milhões este ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião