Madrid aprova plano para expulsar carros do centro da cidade

  • Lusa
  • 29 Outubro 2018

O objetivo é a redução da poluição em 40% e a diminuição do tráfego em 37%, para que seja mais agradável aos peões andarem no centro de Madrid.

A câmara municipal de Madrid aprovou esta segunda-feira, em sessão extraordinária, o projeto de encerramento ao trânsito do centro da cidade, que a partir de 30 de novembro só será acessível aos habitantes e aos condutores de veículos não poluentes.

Esta medida está a ser preparada desde 2016 e é a mais importante da legislatura da autarquia presidida por Manuela Carmena do movimento Agora Madrid (uma coligação de partidos de extrema-esquerda) que os socialistas do PSOE também apoiam.

O objetivo é a redução da poluição em 40% e a diminuição do tráfego em 37%, para que seja mais agradável aos peões andarem na zona, que também ficará mais bem preparada para as bicicletas e outros meios de transporte sustentáveis.

“É um dia muito importante no que diz respeito ao combate à poluição e à preservação da saúde dos cidadãos. Atrever-me-ia a dizer que é um dia histórico”, disse a responsável pelo Meio Ambiente e a Mobilidade da autarquia, Inés Sabanés, que anunciou a aprovação do projeto.

A medida, que teve a oposição dos partidos de direita (Partido Popular e Cidadãos), pretende eliminar o tráfego de passagem – sem origem ou destino no centro -, um total de 58.600 deslocações diárias, segundo as previsões do município.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Madrid aprova plano para expulsar carros do centro da cidade

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião