Direto Costa avisa esquerda: “Não podemos ir além sob pena de o PSD e o CDS se ficarem a rir de nós”

O Governo foi criticado da esquerda à direita pela situação nos serviços públicos de saúde e transportes. A menos de um ano das eleições, Costa quer evitar "voltar atrás".

António Costa está esta tarde no Parlamento a responder a perguntas dos deputados, naquele que é o último debate quinzenal do ano e o primeiro depois da aprovação do Orçamento do Estado para 2019 e do pagamento integral da dívida ao Fundo Monetário Internacional (FMI). O confronto acontece na mesma altura em que crescem os grupos profissionais em contestação por melhores condições de trabalho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Costa avisa esquerda: “Não podemos ir além sob pena de o PSD e o CDS se ficarem a rir de nós”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião