À procura de trabalho? Governo lança “Balcão Único do Emprego”

O Governo apresentou, esta segunda-feira, o Balcão Único do Emprego, projeto que inclui o lançamento de um novo portal do IEFP e a criação da figura do Gestor+.

O Ministério do Trabalho lançou, esta segunda-feira, um novo serviço que permitirá tratar de “forma integrada” todas as questões relacionadas com emprego e com a formação profissional. Chama-se Balcão Único do Emprego e inclui a criação de um novo portal do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), o aprofundamento da relação dessa entidade com os demais serviços da Administração Pública, e a melhoria do acompanhamento das empresas com grandes volumes de contratação.

“[Trata-se] de uma nova dimensão do relacionamento dos cidadãos e das empresas com o Serviço Público de Emprego”, explica o Governo, em comunicado. De acordo com o Ministério de Vieira da Silva, este projeto, que foi desenvolvido no âmbito do Simplex+, “contribuirá para melhorar a eficiência e a qualidade do serviço prestado pelo IEFP”.

Por isso, entre as “diferentes melhorias e inovações” trazidas pelo Balcão Único do Emprego, está o lançamento de um novo portal do IEFP, bem como a criação do Gestor+ e a promoção da articulação dessa entidade com os outros serviços da Administração Pública.

“Com um novo design, uma imagem mais apelativa e moderna, o IEFPonline introduz novas funcionalidades que reúnem numa única porta de entrada de ofertas de emprego, de estágio e de formação profissional“, sublinha o Governo.

Nesta nova plataforma, o utilizador poderá, assim, pesquisar ou apresentar oportunidades de formação profissional ou estágio, bem pedir o subsídio de desemprego ou agendar uma visita aos diversos pontos de atendimento do IEFP. Além disso, o IEFPonline conta com um sistema de notificações eletrónicas.

Quanto à figura do Gestor+, trata-se de um técnico responsável pela “intermediação com as empresas com grandes volumes de contratação” na procura de respostas e soluções de recrutamento e formação profissional, o que deverá “robustecer as relações do IEFP com as entidades empregadores”.

Por fim, o Balcão Único do Emprego prevê um reforço da articulação do IEFP com a Agência para a Modernização Administrativa (introduzindo o IEFPonline em todos os Espaços do Cidadão) e com os demais serviços da Administração Pública.

Este projeto é o primeiro desenvolvido em colaboração com o Laboratório de Experimentação da Administração Pública.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

À procura de trabalho? Governo lança “Balcão Único do Emprego”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião