Fundação PLMJ edita ACERVO – 5 Décadas de Arte Contemporânea

O livro constitui o resultado de uma seleção curatorial de toda a coleção da Fundação PLMJ, da autoria do curador convidado, João Silvério, sendo já o décimo nono projeto editorial da Fundação.

O livro constitui o resultado de uma seleção curatorial de toda a coleção da Fundação PLMJ, da autoria do curador convidado, João Silvério, sendo já o décimo nono projeto editorial da Fundação. Intitulado ACERVO – 5 Décadas de Arte Contemporânea, este livro contém igualmente um enquadramento histórico da arte contemporânea portuguesa dos últimos 50 anos, na ótica da historiadora Isabel Nogueira e das palavras orientadoras de Cristina Tavares.

Acresce que o livro assinala o Ano Europeu do Património Cultural em curso, associando-se a Fundação PLMJ às iniciativas desenvolvidas a este propósito pelo Ministério da Cultura.

Nas palavras de Cristina Tavares “a PLMJ que conta com cinquenta anos de atividade (1967), através da sua Fundação (instituída em 2001), tem vindo a ocupar um lugar de afirmação no panorama das artes plásticas em Portugal no âmbito do colecionismo, centrando-se na divulgação, estudo e preservação da sua coleção de arte contemporânea.”

Isabel Nogueira salienta que “a arte faz-se neste sentido e é esse o sentido último da arte: ser vista e fruída. Nesta senda, torna-se efetivo que a coleção da Fundação PLMJ ocupa um lugar de relevo neste contexto e nesta importante dinâmica”. João Silvério assinala que “este é o panorama da segunda década deste século que estamos a viver, num momento em que a Fundação e a Sociedade de Advogados que a criou vão renovar na cidade de Lisboa a sua presença, e com um novo programa para partilhar a sua coleção e dar continuidade ao acervo plasmado nestas páginas (…) que irá decerto prolongar a noção de património, de memória e de futuro na arte contemporânea que se expressa numa linguagem universal e na linguagem da lusofonia, uma diáspora com memória da história em todos os quadrantes.”

A Fundação PLMJ foi criada pela sociedade de advogados PLMJ sob o lema «Uma sociedade de advogados como espaço de cultura», dedicando-se ao apoio da arte contemporânea lusófona, desenvolvendo um conjunto diversificado de projetos em prol desta superior causa de interesse cultural.

Comentários ({{ total }})

Fundação PLMJ edita ACERVO – 5 Décadas de Arte Contemporânea

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião