Alta volatilidade nas bolsas. Depois de afundar, Wall Street fecha com ganhos

Depois da forte subida na primeira sessão após o Natal, o vermelho voltou a tomar conta dos mercados norte-americanos. Mas nos últimos minutos de negociação, as bolsas voltaram aos ganhos.

Depois da euforia, o choque da realidade. Com novos indicadores preocupantes para a maior economia do mundo, as praças norte-americanas afundaram. Chegaram a perder 3%, mas nos últimos minutos de negociação, as bolsas acabaram por encerrar em terreno positivo.

A subida recorde na sessão anterior transformou-se num dia negro nas bolsas dos EUA. Depois de as praças europeias afundarem, com Lisboa a acabar por entrar em bear market, o S&P 500 chegou a cair 3%. Mas estas últimas sessões do ano estão a ser marcadas por elevada volatilidade, sendo a recuperação no fecho da sessão exemplo disso mesmo.

O S&P 500 acabou por encerrar a subir 0,84%, enquanto o Dow Jones somou 1,12%. O Nasdaq, que se tinha destacado na última sessão, ainda recuperou. Fechou a subir 0,34%.

“Ainda há grande ceticismo relativamente à forte subida após o Natal. Para os investidores foi apenas uma correção técnica”, diz David Joy, analista da Ameriprise Financial, citado pela Reuters. “Não há convicção no mercado de que já se alcançou o fundo”, acrescentou.

Se uns não acreditam, e veem nos indicadores económicos que vão sendo divulgados nos EUA — como a forte quebra na confiança dos consumidores — argumentos para venderem, outros consideram que as quedas foram longe de mais. E é esse “jogo” que está a fazer disparar a volatilidade nos mercados.

Enquanto as empresas de bens de consumo foram castigadas pelos investidores perante receios quanto ao crescimento da economia americana, numa altura em que os EUA estão em “shutdown”, as empresas do setor da saúde, mas também as tecnológicas, acabaram por conseguir anular o desempenho negativo, ditando ganhos em Wall Street.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Alta volatilidade nas bolsas. Depois de afundar, Wall Street fecha com ganhos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião