Metropolitano de Lisboa vai funcionar toda a noite na passagem de ano

  • Lusa
  • 28 Dezembro 2018

As linhas azul, verde e vermelha do Metropolitano de Lisboa irão funcionar durante toda a noite na madrugada do dia 1 de janeiro, com exceção de algumas estações, como é o caso do Terreiro do Paço.

As linhas azul, verde e vermelha do Metropolitano de Lisboa irão funcionar durante toda a noite na madrugada do dia 1 de janeiro, informou esta sexta-feira a empresa em comunicado.

De acordo com o documento, na linha azul estarão abertas as estações da Reboleira, Amadora-Este, Pontinha, Colégio Militar-Luz, Jardim Zoológico, São Sebastião, Marquês de Pombal, Restauradores e Baixa-Chiado, enquanto na linha verde irão funcionar as estações de Telheiras, Campo Grande, Areeiro, Alameda, Anjos, Rossio, Baixa-Chiado e Cais do Sodré.

Já na linha vermelha estarão abertas as estações de Moscavide, Oriente, Olivais, Chelas, Alameda e São Sebastião.

No site do Metropolitano de Lisboa, a empresa lembra ainda que, “por ocasião das festividades previstas para a noite de fim de ano na Praça do Comércio, a estação Terreiro do Paço [que faz parte da linha azul] encerrará às 18h30 do dia 31 de dezembro, reabrindo às 06h30 do dia 1 de janeiro de 2019“.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Metropolitano de Lisboa vai funcionar toda a noite na passagem de ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião