Checkmarx quer reforçar equipa em Portugal. Vai contratar 30 profissionais até ao final do ano

A empresa com escritórios em Braga está de olho em Portugal. Com o objetivo de reforçar a sua equipa no país, a Checkmarx vai, ainda este ano, recrutar para cargos técnicos no mundo da cibersegurança.

Fundada em 2006, a Checkmarx já está presente em 17 países, sendo que, entre eles, consta o nome de Portugal, para onde a empresa especializada em soluções de segurança de software olha, agora, com especial atenção. É que aos 60 colaboradores que já tem no país, a Checkmarx quer juntar mais 30 profissionais para trabalharem no mercado global da segurança cibernética.

O objetivo é aumentar a equipa portuguesa em 50%, até ao final deste ano. “No âmbito do seu crescimento no mercado, a líder em soluções de segurança de software, sediada em Braga, irá recrutar para cargos técnicos para o seu escritório em Portugal, um dos principais centros de desenvolvimento da empresa”, pode ler-se no comunicado de imprensa da Michael Page, a consultora de recrutamento que tem a seu cargo este processo.

Os 30 profissionais serão inseridos no escritório de Braga e deverão desempenhar cargos mais técnicos como, por exemplo, application security helpdesk engineer, professional services engineer ou application developer.

De acordo com o comunicado, o ambiente de trabalho é flexível e oferece a possibilidade de os colaboradores evoluírem. Além disso, a equipa é composta, sobretudo, por jovens. “Uma equipa jovem, com um elevado know-how. A empresa aposta no desenvolvimento dos seus colaboradores e deixa-se impulsionar por pessoas extraordinárias e apaixonadas que continuam a inovar e a desafiar-se a cada dia”.

O objetivo da Checkmarx é, através de teses de segurança de aplicativos e de um conjunto de produtos, ajudar as empresas a reduzir o risco de vulnerabilidades, apostando na segurança cibernética. No seu portefólio constam clientes como a Samsung, a SAP ou a Salesforce.com.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Checkmarx quer reforçar equipa em Portugal. Vai contratar 30 profissionais até ao final do ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião