Fed investiga Deutsche Bank pelo esquema de lavagem de dinheiro no Danske Bank

A Reserva Federal norte-americana está a investigar o envolvimento do Deutsche Bank no esquema de lavagem de dinheiro que terá ocorrido no dinamarquês Danske Bank.

A Reserva Federal norte-americana está a investigar o envolvimento do Deutsche Bank no esquema de lavagem de dinheiro que terá ocorrido no maior banco privado dinamarquês, o Danske Bank. O banco alemão opera também nos Estados Unidos e está, por isso, sujeito ao escrutínio do regulador.

A primeira fase da investigação da Fed centra-se na monitorização por parte do banco alemão de fundos de um ramo do Danske Bank na Estónia, que terá servido como canal para transferir dinheiro para fora, avança a Bloomberg (acesso condicionado/conteúdo em inglês). Por esta pequena sucursal terão passado 30 mil milhões de dólares (cerca de 26 mil milhões de euros) de dinheiro russo, durante apenas um ano.

O Danske transferiu dinheiro para o estrangeiro através de bancos correspondentes, e já admitiu que cerca de 230 mil milhões de dólares que passaram pela sucursal da Estónia podem ter sido “dinheiro sujo”. O whistleblower do Danske Bank indicou que muitas das transferências terão passado pela sucursal norte-americana do Deutsche, de forma a garantir as conversões do dinheiro de outros países.

O banco alemão está a cooperar com o regulador norte-americano nesta investigação e, para além disso, o CEO do Deutsche Bank indicou que já pôs também em curso uma investigação interna à ação do banco. Christian Sewing adiantou, no entanto, que não tinha encontrado nenhum indício de práticas erradas.

Comentários ({{ total }})

Fed investiga Deutsche Bank pelo esquema de lavagem de dinheiro no Danske Bank

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião