Altice quer vender parte da rede de fibra ótica em Portugal

A dona da Meo prepara-se para avançar com um leilão para alienar 49,99% do negócio da fibra ótica em território nacional. Operação é idêntica à realizada em França.

A Altice prepara-se para fazer em Portugal o que já fez em França. Está a preparar a venda de uma participação minoritária no negócio da fibra ótica no país. A notícia foi avançada pela Reuters, tendo sido também transmitida por fonte sindical ao ECO, que sublinha que o processo deverá arrancar na segunda metade de fevereiro.

A dona da Meo detém em Portugal uma vasta rede de fibra ótica, alcançando mais de quatro milhões de casas em território nacional. A empresa liderada por Alexandre Fonseca terá juntado estes ativos numa nova unidade e tenciona vender uma participação que deverá ser de 49,99%, de acordo com a agência.

A Reuters garante que o grupo contratou a Lazard para promover o negócio junto de potenciais interessados, incluindo os fundos KKR e Morgan Stanley Infrastructure Partners. Este último é o fundo que ficou com 75% do negócio de torres de telecomunicações da Altice Portugal, vendido pela companhia em meados do ano passado, por 660 milhões de euros.

Mais informação sobre o negócio, incluindo a forma como a Altice vai dividir custos e margens entre o negócio das telecomunicações e o da rede de fibra em Portugal, deverá ser enviada pela Altice Portugal aos potenciais interessados no leilão, sublinha a Reuters. O ECO tentou validar estas informações junto da empresa, mas sem sucesso até ao momento.

Recentemente, a Altice Europe, dona da Altice Portugal, vendeu a três fundos de investimento uma posição de 49,99% no negócio da fibra ótica da operadora SFR em França. A transação foi avaliada em 1,8 mil milhões de euros. A operação recebeu luz verde de Bruxelas esta segunda-feira.

Comentários ({{ total }})

Altice quer vender parte da rede de fibra ótica em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião