Xing reforça em Portugal. Quer abrir segundo escritório este ano

Na inauguração do escritório de Matosinhos, o CEO da Xing anunciou que a empresa já está à procura de um novo espaço, também na zona do Porto.

A Xing acabou de inaugurar o primeiro escritório em Portugal e já está à procura de um segundo. A novidade foi avançada esta quarta-feira por Thomas Vollmoeller, CEO da Xing, na cerimónia de inauguração do escritório de Matosinhos. “Estamos aqui para crescer”, disse o responsável.

O novo espaço, integrado na estratégia de expansão da empresa em território nacional, é open space com mais de 1000 metros quadrados em Matosinhos e conta com 120 trabalhadores, de sete diferentes nacionalidades. No entanto, em dia de inauguração, o espaço já não tem lugares livres. Assim, a empresa quer expandir o escritório para um novo espaço, desta vez no Porto, e espera que, até 2021, a equipa em Portugal atinja as 200 pessoas.

Fundada em 2003, a Xing é a principal rede social para contactos profissionais em países de língua alemã e já conta com mais de 15 milhões de membros. Neste momento, a empresa tem candidaturas abertas para várias posições dentro da empresa, que podem ser consultadas aqui. Os planos de expansão incluem também o “desenvolvimento de novos produtos a lançar no mercado nacional, como o kununu engage, uma plataforma de análise do trabalhador que disponibilizará perspetivas sobre o envolvimento e o espírito do mesmo no decorrer das tarefas, em prol da transparência empresarial e do bem-estar das equipas e organizações”, refere a empresa em comunicado.

Comentários ({{ total }})

Xing reforça em Portugal. Quer abrir segundo escritório este ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião