Governo alarga prazo para pagamento do IVA às Finanças

  • ECO
  • 12 Fevereiro 2019

Contribuintes que tenham de entregar ao Estado o IVA mensal ou trimestral vão ter mais cinco dias para proceder a esse pagamento.

Os contribuintes vão ter mais cinco dias para efetuar o pagamento do IVA mensal e trimestral às Finanças. A notícia é avançada pelo Jornal de Negócios (acesso pago) que cita uma proposta de lei apresentada pelo Governo no Parlamento. Essa extensão não mexe contudo no prazo para a entrega das declarações periódicas do IVA que se mantêm inalteradas.

Essa proposta foi bem acolhida pelos contabilistas, que assim ganham tempo no cumprimento das obrigações fiscais dos seus clientes.

Presentemente, o prazo de entrega das declarações mensais e trimestrais de IVA e o prazo de pagamento é o mesmo. As declarações mensais devem ser entregues, por via eletrónica, até ao dia 10 do segundo mês seguinte ao que respeitam as operações. No regime trimestral, que se aplica aos contribuintes que têm um volume de negócios inferior a 650 mil euros no ano anterior, a declaração deve ser entregue até ao dia 15 do segundo mês seguinte ao trimestre do ano civil a que respeitam as operações.

Ora, estes prazos mantêm-se, mas o pagamento do imposto apurado pode ser feito cinco dias mais tarde, face a estas datas.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Governo alarga prazo para pagamento do IVA às Finanças

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião