Governo promete voltar a negociar com os professores

  • ECO
  • 14 Fevereiro 2019

No Fórum TSF, a secretária de Estado Adjunta e da Educação assegurou que "muito em breve" será retomado o diálogo com os sindicatos dos docentes. Mas avisou que a negociação "não parte do zero".

O Governo prometeu voltar a negociar com os professores “muito em breve”. Em declarações no Fórum TSF, a secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, assegurou que o diálogo com os sindicatos vai ser retomado e que as estruturas sindicais serão informadas das “datas em concreto”.

“A norma do Orçamento de 2019 vai ser cumprida e muito em breve voltaremos às negociações com os sindicatos”, disse Alexandra Leitão, citada pela TSF. No entanto, a secretária de Estado deixou um aviso: “Esta negociação não parte do zero. É uma nova negociação, imposta pela lei do Orçamento para 2019.”

“A Lei do Orçamento de 2018 foi cumprida e culminou com a aprovação de um decreto-lei que permitia a recuperação de três anos de serviço, o que representou um esforço considerável de aproximação da parte do Governo”, sublinhou Alexandra Leitão. O decreto-lei em causa foi, depois, chumbado pelo Presidente da República.

Os professores exigem que, para efeitos de progressão, seja contabilizado todo o tempo em que as carreiras estiveram congeladas: nove anos, quatro meses e dois dias. Mas o diploma do Governo contabilizava apenas dois anos, nove meses e 18 dias.

A classe dos docentes tem-se mostrado inflexível neste ponto e admite formas de protesto mais “radicais”, como uma greve financiada por quotização dos professores, que poderia levar à paralisação do 12.º ano no terceiro período.

Um ponto que também mereceu resposta por parte de Alexandra Leitão: “Nós confiamos na responsabilidade e até no altruísmo dos professores, confiamos que haverá condições para acabar o ano letivo com tranquilidade”, reagiu a secretária de Estado.

(Notícia atualizada às 11h47 com mais informações)

Comentários ({{ total }})

Governo promete voltar a negociar com os professores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião