Portugal entre países da UE com mais deputadas e mulheres no Governo

Portugal está entre os países da UE com mais deputadas no Parlamento e mais mulheres no Governo. Em nenhum país europeu, há mais mulheres do que homens nesses órgãos.

Ainda que o número de deputados se mantenha superior ao número deputadas nos vários parlamentos dos Estados-membros da União Europeia, desde 2003 que a fatia de mulheres a ocupar estes cargos tem vindo a aumentar. De acordo com o Eurostat, no último ano, 30% dos assentos parlamentares eram ocupados por deputadas, valor que compara com os 21% registados em 2003. Na tabela dos países com mais mulheres no Parlamento, Portugal aparece em quinto lugar.

“As mulheres ocuparam 30% dos assentos nos parlamentos nacionais na União Europeia em 2018. Esta percentagem aumentou desde 2003, altura em que as deputadas eram cerca de um quinto (21%) dos membros dos parlamentos nacionais”, explica o Gabinete de Estatísticas da União Europeia, referindo ainda que atualmente nenhum Estado-membro tem mais deputadas do que deputados.

No pódio dos países europeus com uma distribuição mais equilibrada, aparecem a Suécia (com 47% dos assentos parlamentos ocupados por mulheres), a Finlândia (42%), a Bélgica e a Espanha, que partilham o terceiro lugar com 40%. O Eurostat realça também que um “número significativo” de assentos são ocupados por deputadas na Áustria (37%), na Dinamarca e em Portugal (36%) e em Itália (35%).

“No polo oposto desse espetro, as mulheres constituem menos de um quinto dos membros dos parlamentos nacionais da Hungria (13%), Malta (15%), Chipre e Grécia (18%) e Roménia (20%)”, realça ainda o gabinete de estatísticas.

Portugal entre os países com mais mulheres no Governo

Tomada de posse dos novos elementos do XXI Governo Constitucional - 18FEV19
Da esquerda para a direita: Ana Pinho, Alberto de Sousa, Jorge Delgado, Maria do Céu Albuquerque, Rosa Monteiro, Luís Pinheiro, Tiago Antunes, Duarte Cordeiro, Pedro Nuno Santos, Nelson de Souza e Mariana Vieira da Silva.Hugo Amaral/ECO

Também no que diz respeito aos membros do Executivo, Portugal está entre os países que têm uma distribuição mais equilibrada com 36,1% dos cargos governamentais a serem assumidos por mulheres.

No total da União Europeia, as mulheres ocupavam em média, no ano passado, 30% desses lugares, valor que compara com os 23% registados em 2003. “Em 2018, a maior percentagem de membros do Governo mulheres foi registada em Espanha e na Suécia (52%), seguidos de França (49%), Holanda (42%) e Dinamarca (41%)”, explica o Eurostat, esta quarta-feira. Portugal aparece um pouco mais abaixo, na nona posição da tabela.

Na base desse ranking, estão mais uma vez a Hungria (7%), Malta (12%) e Chipre (17%), bem como Itália e Polónia (17%).

“O número de presidentes mulheres e primeiras-ministras nos países da UE aumentou entre 2003 e 2018. Em 2018, havia três chefes de Governo mulheres (11%) enquanto em 2003 não havia nenhuma“, remata o gabinete de estatísticas.

Comentários ({{ total }})

Portugal entre países da UE com mais deputadas e mulheres no Governo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião