Startup Lisboa homenageia Vasconcelos. Cria prémio de “empreendedor do ano”

Incubadora lisboeta criou prémio de homenagem ao primeiro diretor executivo da Startup Lisboa. Distinção vai premiar anualmente empreendedores atuais ou ex-empreendedores da incubadora.

João Vasconcelos vai dar nome ao prémio “empreendedor do ano”, anunciado esta quinta-feira pela Startup Lisboa. A incubadora lisboeta, que teve durante mais de quatro anos como diretor executivo João Vasconcelos, vai premiar e distinguir anualmente empreendedores das atuais startups incubadas ou de alumni da incubadora que se destaquem pelas contribuições para a comunidade de startups e para o ecossistema.

“Este prémio é mais do que uma justa e merecida homenagem a alguém que deu tanto à Startup Lisboa, aos seus empreendedores e ao ecossistema português. Esta é a primeira, entre outras iniciativas de homenagem que a Startup Lisboa irá promover para honrar a memória e o legado daquele que foi o seu primeiro diretor executivo e que desempenhou um papel essencial na sua fundação e na afirmação do ecossistema empreendedor português”, esclarece Miguel Fontes, diretor executivo da Startup Lisboa, citado em comunicado.

João Vasconcelos morreu esta segunda-feira, vítima de ataque cardíaco. O empresário e empreendedor integrou a equipa fundadora da Startup Lisboa e desempenhou o cargo de secretário de Estado da Indústria, tendo um papel relevante na vinda do Web Summit para Portugal.

Mais detalhes sobre o “prémio empreendedor do ano João Vasconcelos” serão anunciados a 30 de maio, dia do próximo demo day, evento de apresentação e pitch das startups incubadas à comunidade e a investidores.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Startup Lisboa homenageia Vasconcelos. Cria prémio de “empreendedor do ano”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião