Belmond Reid’s Palace já pertence à Louis Vuitton

Emblemático hotel da Madeira já pode mudar de mãos. Bruxelas deu luz verde à compra da Belmond pela Louis Vuitton, operação avaliada em 2,8 milhões de euros.

A LVMH, casa-mãe da icónica Louis Vuitton, já pode avançar para a compra da Belmond, não menos icónica cadeia de hotéis de luxo e viagens de aventura. A operação avaliada em 2,8 mil milhões de euros recebeu agora luz verde pela DGCom, direção da Concorrência da Comissão Europeia.

O negócio foi anunciado no final de dezembro e pressupõe um investimento de 25 dólares por ação de Classe A, num total de 2,6 mil milhões de dólares (2,8 mil milhões de euros).

A LVMH, proprietária de marcas de moda, bebida e joias, ainda é uma principiante no setor da hotelaria de luxo, detendo apenas o Cheval Blanc, hotel situado na luxuosa estação de esqui de Courchevel, nos Alpes. Já a Belmond conta no portefólio com mais de 46 hotéis de luxo, em 24 países – como o Belmond Reid’s Palace, na Madeira, o Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, o Cipriani, em Veneza, ou o Belmond Hotel Caruso e a Villa Margherita, ambos na Amalfi Coast –, luxuosas viagens de comboio, cruzeiros e safaris. A empresa britânica opera em regime de propriedade, co-propriedade ou simplesmente gestão.

“A Comissão concluiu que a aquisição proposta não suscitaria problemas de concorrência, dado o seu impacto muito limitado na estrutura do mercado”, anunciou esta quarta-feira Bruxelas.

Comentários ({{ total }})

Belmond Reid’s Palace já pertence à Louis Vuitton

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião