Ordem dos Médicos quer responsabilizar ministra da Saúde por falhas no SNS

  • ECO
  • 17 Abril 2019

"Nós temos de começar a responsabilizar diretamente a ministra pelas insuficiências e insegurança que existem, neste momento, no SNS", afirmou o bastonário Miguel Guimarães.

Perante os problemas no Serviço Nacional de Saúde, a Ordem dos Médicos (OM) considera que a solução pode passar por começar a responsabilizar judicialmente a ministra da Saúde, Marta Temido, caso a falta de clínicos ponha em risco a assistência aos doentes. Quem o disse foi o bastonário Miguel Guimarães, em declarações à TSF (acesso livre).

“Nós temos de começar a responsabilizar diretamente a ministra pelas insuficiências e insegurança que existem, neste momento, no SNS. Responsabilizar publicamente e perante as entidades competentes”, disse Miguel Guimarães, acrescentando que esta é uma matéria que está já a ser estudada pelos advogados.

O bastonário utilizou o exemplo do serviço de urgência do Hospital Garcia da Orta, em Almada, para criticar os responsáveis por ignorarem os problemas da instituição. “A administração do hospital vem dizer que está tudo bem, mas não está tudo bem. Nós temos falado com os médicos que trabalham lá. Não se pode vir publicamente afirmar uma coisa que não é verdade. Se acontecer alguma coisa a alguma criança, a responsabilidade tem de ser destes senhores”, disse.

A Ordem dos Médicos leva esta quarta-feira a proposta ao Fórum Médico e Miguel Guimarães promete percorrer os serviços de saúde para denunciar situações que continuem por resolver no SNS.

Comentários ({{ total }})

Ordem dos Médicos quer responsabilizar ministra da Saúde por falhas no SNS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião