“Troco gasóleo por T2 em Lisboa.” Em dia de greve, não falta combustível nas redes sociais

Não há falta de combustível nas redes sociais, que já se incendiaram com piadas sobre os efeitos da paralisação na distribuição e abastecimento de combustível. Reunimos algumas das melhores.

Com a falta de combustível nas bombas, é nas redes sociais que mais lenha se atira para a fogueira. Bastam poucos cliques para encontrar dezenas de comentários e piadas sobre as consequências da greve dos motoristas que transportam matérias perigosas. A paralisação decorre desde a meia-noite de segunda-feira e chegou a provocar perturbações nos aeroportos de Lisboa e Faro.

Um dos comentários mais provocadores partiu da conta oficial da Câmara Municipal de Lisboa no Twitter, que aproveitou os problemas de abastecimento de gasolina e gasóleo nos postos para promover o serviço de bicicletas públicas Gira. Junto a uma fotografia com várias bicicletas elétricas estacionadas, a autarquia escreveu: “Aproveite. Estas têm o depósito cheio.”

Também a Netflix Portugal aproveitou a situação para lançar a piada, sugerindo que a falta de combustível nas gasolineiras pode ser desculpa para ficar em casa a “trabalhar”… numa maratona de séries:

A empresa de preservativos Control também quis brincar com a situação:

A conta @ViUniversitario quis brincar com os efeitos da greve. “Todos preocupados com o combustível. Universitário que é universitário anda a pé”, escreveu.

A conta @insoniascarvao, conhecida pelas piadas e fotomontagens, recorreu aos memes e a fotografias para brincar com a situação:

Mas, nestas coisas, as melhores piadas costumam ser feitas pelos utilizadores. “A minha foto do Tinder vai ser com o depósito de combustível cheio”, escreveu a utilizadora @sophiaqualquer no Twitter.

A utilizadora @daniellafcunha ensina como tornar um problema grave num problema um pouco menos grave: atira-se-lhe com um problema maior para cima. “Troco gasóleo por T2 em Lisboa”, anunciou.

Para o utilizador João Costa, a verdadeira preocupação é outra: “Alguém sabe se a Super Bock e a Sagres têm combustível para os camiões?”, lê-se na publicação.

O utilizador @goncalobredama1 sugere ao Governo uma nova forma de resolver a crise da falta de combustíveis no País. “O Governo antecipa a crise do gasóleo e promete uma bicicleta por cabeça!”, publicou, acompanhando com uma fotografia de dezenas de bicicletas arrumadas numa garagem.

Por fim, há ainda quem tente fazer negócio com a situação. O utilizador @inconseguir está a tentar despachar cinco litros de gasóleo: “Vendo cinco litros de gasóleo simples à melhor oferta”, disse no Twitter. “Enviem propostas por mensagem direta”, indicou.

Comentários ({{ total }})

“Troco gasóleo por T2 em Lisboa.” Em dia de greve, não falta combustível nas redes sociais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião