Alunos do IEFP estudam no complexo petroquímico da Repsol

  • Ricardo Vieira
  • 1 Maio 2019

Mais de 40 jovens vão poder estudar nas instalações da Repsol em Sines. Parceria com IEFP vai formar mão-de-obra para a indústria química.

A Repsol Polímeros, em parceria com o Instituto do Emprego e da Formação Profissional (IEFP), lançou uma nova formação profissional para técnicos de operações para unidades industriais, através da qual mais de 40 alunos vão dar início a uma carreira profissional, enquanto adquirem as competências necessárias para poderem trabalhar em qualquer unidade da indústria química.

As aulas teóricas, que decorrem em Sines, nas fábricas do complexo petroquímico da empresa, são da responsabilidade de formadores habilitados, provenientes do IEFP, da Escola Tecnológica do Litoral Alentejano, da Interprev e da Repsol Polímeros.

Na abertura do curso estiveram presentes o diretor geral da Repsol Polímeros, Arsénio Salvador, a diretora adjunta do IEFP de Sines, Margarida Marques, o diretor de Pessoas e Organização, Albino Gomes e o coordenador do curso, António Alves Pereira.Repsol Polímeros

Este curso, inserido na política da responsabilidade social da Repsol, “tem como objetivo prosseguir na renovação geracional dos seus quadros de pessoal e em particular de colaboradores em turno, impactando positivamente a sociedade do ponto de vista da empregabilidade”, informa a empresa em comunicado.

Segundo o Diretor Geral da Repsol Polímeros, Arsénio Salvador, a iniciativa faz parte do “compromisso de contribuir para o desenvolvimento sustentado e para a melhoria da envolvente social onde operamos. O nosso maior contributo social é a criação de emprego e riqueza na zona para que se possa desenvolver e gerar uma atividade económica que traga benefícios para todos”.

 

 

Comentários ({{ total }})

Alunos do IEFP estudam no complexo petroquímico da Repsol

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião