Distribuição de dividendos é a “última etapa da normalização” do BPI, diz Pablo Forero

Os acionistas do BPI aprovaram na segunda-feira a distribuição de 140 milhões de euros ao acionista CaixaBank, distribuição que o seu CEO diz ser a última etapa do processo de normalização do banco.

A decisão de voltar a distribuir dividendos aos acionistas, nove anos depois, é a última etapa da normalização” do BPI. Quem o diz é Pablo Forero, CEO do BPI, que salienta que este passo é muito importante.

O pagamento de dividendos relativos à atividade do ano passado foi aprovado esta segunda-feira, cabendo ao banco entregar ao seu acionista — o CaixaBank — 140 milhões de euros, valor que está “dentro do patamar mínimo da política de dividendos” do banco afirmou Pablo Forero aos jornalistas durante a apresentação de resultados do primeiro trimestre nesta quinta-feira.

Pablo Forero refere que é “muito importante” voltar “a distribuir dividendos”, salientando que “é a última etapa de normalização” do banco e o “deixar para trás da crise financeira”.

“Felizmente está a acontecer com o BPI e com outros bancos. É um bom sinal para o setor“, disse ainda o CEO do banco.

De acordo com o presidente do banco do banco detido pelo espanhol CaixaBank, o modelo de repartição dos resultados “significa que está a reinvestir no negócio em Portugal 70% dos lucros e 30% na distribuição de dividendos”.

Contudo, frisa que “é muito importante perceber que não há obrigação de pagar um dividendo, nem no que diz respeito à quantia a distribuir. “. Diz que entre 30% e 50% é apenas “uma indicação do que os acionistas devem esperar sobre a remuneração do BPI”. “Pode ir a zero e inclusivamente acima de 50%, acrescenta.

(Notícia atualizada pela última vez às 12h55)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Distribuição de dividendos é a “última etapa da normalização” do BPI, diz Pablo Forero

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião