Prevenir incêndios com IA? A Tesselo diz que sim

Startup combina imagens de satélite com inteligência artificial e está a desenvolver negócio em Portugal.

A startup Tesselo, que combina imagens de satélite com inteligência artificial, está a desenvolver o seu negócio em Portugal. Depois de dois anos de pesquisa, a empresa tem agora como objetivo “combater desafios ambientais” através de soluções de mapeamento com base de inteligência artificial. Em Portugal, estas soluções podem aplicar-se sobretudo na prevenção de incêndios de grandes proporções.

Na prática, a startup produz “imagens cristalinas”, criando mosaicos de dezenas ou centenas de fotografias de satélite sobre as quais aplica modelos de inteligência artificial para “extrair informações adaptadas às necessidades do cliente”, explica a empresa em comunicado. O resultado deste processo permite identificar padrões e sinalizar áreas de risco, já que os fenómenos dinâmicos são expostos em tempo quase real, desde vegetação que cresce muito perto de linhas de alta tensão a impactos de um incêndio florestal.

“As novas capacidades de observação da terra e os últimos avanços em IA permitem-nos construir modelos ambientais a uma escala, nível de precisão e velocidade nunca antes visto (…) A nossa tecnologia permite monitorizar as mudanças de uma forma muito pormenorizada, permitindo integrar temporadas e ciclos de vida das plantas nos nossos modelos de vegetação”, explica Rémi Charpentier,

“É estratégico para a Tesselo estar sediada em Portugal, um dos centros tecnológicos que mais rápido cresce na Europa e um país onde a nossa tecnologia tem um impacto imediato”, remata o CEO da Tesselo, em comunicado.

Ainda que só se tenha fixado em Portugal agora, a tecnologia da Tesselo já é usada por empresas nacionais — e também internacionais — nos setores florestal, agrícola, elétrico e de infraestruturas. As imagens em tempo real permitem estimar e mitigar os danos que podem ir desde infeções em colheitas à exposição de redes elétricas a incêndios florestais. Ainda que com um projeto recente, a Tesselo recebeu, desde a sua criação, três bolsas da Agência Espacial Europeia, em parceria com o IPN — Instituto Pedro Nunes — em Coimbra.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Prevenir incêndios com IA? A Tesselo diz que sim

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião