FIFA organiza hackathon para “dar voz ao futebol”

Organização anda à procura de ideias e protótipos tecnológicos que aproximem os adeptos do futebol. Prémio para melhores projetos é bilhete para final do Mundial feminino, em Lyon.

Os assistentes de voz e outras tecnologias emergentes estão a mudar a maneira como consumimos e processamos informação e a FIFA sabe disso. Por isso, a Federação Internacional de Futebol está a organizar o primeiro hackathon, concurso virtual entre developers para procurar soluções numa área que se prevê, deverá incluir a existência de oito mil milhões de assistentes de voz em 2023, contra os 2,5 mil milhões contabilizados no final de 2018.

“Com isto em mente e, à medida que a tecnologia ganha importância na nossa vida quotidiana e na maneira como os adeptos consomem futebol globalmente, a FIFA continua à procura de novas formas de envolver a comunidade do futebol em torno da tecnologia digital, assim como explorar formas de democratizar a inovação no futebol e criar novas experiências e serviços”, explica a organização no site oficial.

A ideia da federação é que, através de um concurso deste tipo, os empreendedores participantes proponham soluções que integrem assistentes de voz com eventos e dados de futebol. O briefing que enquadra o hackathon é “dá uma voz ao futebol”.

Os vencedores serão depois avaliados segundo critérios que incluem a pertinência em relação ao tema, a qualidade e inovação da ideia ou do protótipo, a sua utilidade e a utilização de dados e da API da FIFA. As inscrições decorrem a partir de 28 de maio e, até 10 de junho, aqui. Os vencedores ganham dois bilhetes para a final feminina do Mundial de Futebol que decorre em Lyon, França, a 7 de julho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

FIFA organiza hackathon para “dar voz ao futebol”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião