Este filme da Turismo Centro já ganhou três prémios internacionais. Primeiro na Letónia, depois em Espanha e agora nos EUA

  • Lusa
  • 5 Junho 2019

O mais recente galardão foi conquistado no Festival Internacional de Filme e Vídeo dos Estados Unidos, em Los Angeles.

O novo filme promocional da Turismo Centro conquistou mais um prémio a nível internacional. Desta vez, no Festival Internacional de Filme e Vídeo dos Estados Unidos (“US International Film & Video Festival”), em Los Angeles. Intitulado “Are You Ready?”, o filme conta com a participação do surfista Garrett McNamara, tendo vindo a colecionar prémios desde que foi apresentado na Bolsa de Turismo de Lisboa )BTL), no dia 14 de março.

Em maio, o filme venceu dois galardões: o de melhor filme na categoria “Destinos Turísticos – Região”, no 12.º Festival Internacional de Filmes de Turismo, na Letónia, e o de best production design, no Terres Festival, em Espanha. Na Califórnia, o novo filme da Turismo Centro foi distinguido pelo júri com um certificado de excelência criativa, tendo sido considerado uma das três melhores películas na categoria “filmes de Turismo”, em competição com mais de mil filmes, de 23 países.

“Os prémios conquistados pelos filmes do Centro de Portugal reforçam o posicionamento da marca Centro de Portugal, a nível nacional e internacional, e demonstram que a estratégia de promoção seguida é a mais correta”, refere Pedro Machado, presidente da Entidade Regional, que agrupa cem municípios, acrescentando que “o facto de esta distinção ter acontecido, agora, nos Estados Unidos assume grande relevância, uma vez que o mercado norte-americano apresenta um grande potencial de crescimento na região centro”.

Produzido pela Slideshow, o filme regista mais de 330 mil visualizações na página de facebook da Turismo Centro. “É um filme promocional com um conceito inovador: o visitante transforma-se na personagem de um jogo passado no magnífico território do Centro de Portugal e tem como objetivo chegar à onda gigante da Nazaré, onde é esperado pelo surfista Garrett McNamara”, resume Machado.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Este filme da Turismo Centro já ganhou três prémios internacionais. Primeiro na Letónia, depois em Espanha e agora nos EUA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião