Bolsas europeias tremem à espera do G20. Lisboa também recua

Investidores continuam a fugir das ações e a refugiarem-se no ouro, depois de os EUA terem imposto novas sanções contra o Irão e numa altura em que se aproxima a cimeira do G20.

As bolsas europeias abriram em queda e a praça portuguesa está pouco alterada face à sessão anterior. O arranque do dia de negociações está a ser condicionado pelas novas sanções dos EUA contra o Irão, numa altura em que os investidores aguardam pelo início do G20, refugiando-se em ativos como o ouro.

O índice Stoxx 600, benchmark europeu, abriu a cair 0,2% e todos os principais índices registam perdas, entre 0,2% e 0,5%. O PSI-20 ainda a abriu com uma valorização ligeira, na ordem das centésimas. Mas o índice português rapidamente seguiu a tendência europeia e está a desvalorizar 0,08%, para 5.080,65 pontos.

A pressionar a bolsa portuguesa estão, sobretudo, as ações da banca e do setor postal. Os títulos do BCP estão a cair 0,23%, para 25,90 cêntimos, enquanto os CTT derrapam 0,67%, para 2,08 euros. A concessionária do serviço postal universal está sob especial pressão, um dia depois de se ter tornado efetiva a decisão da Anacom de obrigar a empresa a separar os gastos da atividade postal dos gastos da atividade bancária.

As ações europeias caminham desta forma para mais um dia de perdas, continuando a ser afetadas pelos assuntos comerciais e geopolíticos que envolvem os EUA. Concretamente, esta terça-feira, os mercados estão a reagir negativamente às novas sanções impostas pelo Presidente Donald Trump ao Irão e às declarações do Chefe de Estado norte-americano de que continuará “a aumentar a pressão sobre Teerão”.

Ao mesmo tempo, os investidores estão cautelosos à espera do início da cimeira do G20, marcado para esta sexta-feira, que poderá trazer novidades em vários dossiês quentes ao nível mundial. Como refúgio, a aposta continua a ser feita em ativos menos expostos às questões geopolíticas, como é o caso do ouro. O preço da onça está a subir esta terça-feira 0,81%, para 1.430,61 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bolsas europeias tremem à espera do G20. Lisboa também recua

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião