Avaliação das casas bate novo máximo. Está em 1.265 euros

A avaliação feita pelos bancos às casas no momento da concessão de financiamento às famílias voltou a aumentar em maio, batendo um novo recorde. O valor do metro quadrado sobe há 26 meses.

A avaliação feita pelos bancos às casas no momento da concessão de financiamento às famílias voltou a aumentar em maio, atingindo um novo recorde. De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), o valor do metro quadrado subiu pelo 26.º mês consecutivo, tocando nos 1.265 euros.

Entre abril e maio assistiu-se a um aumento de nove euros (0,7%) no valor da avaliação bancária, sendo que se a comparação for feita com maio do ano passado, verifica-se que o valor médio das avaliações cresceu 7,6%.

Avaliação bancária para a concessão de crédito bate novo recorde

Valores médios de avaliação bancária de habitação | Maio, 2019 | Fonte: INE

O maior aumento face a abril observou-se nos apartamentos, com o valor médio destas habitações a subiu dez euros para os 1.343 euros por metros quadrado, subindo seis euros (para uma média de 1.137 euros) nas moradias. Olhando para os valores em termos homólogos, verifica-se que os apartamentos estão 9% mais caros, enquanto a avaliação das moradias regista um agravamento de 5,9%.

Em maio, a nível regional, a maior subida para o conjunto da habitação registou-se na Região Autónoma dos Açores (1,8%), enquanto a descida mais acentuada observou-se na Região Autónoma da Madeira (-2,1%), depois de ter registado a maior subida em abril. Em termos homólogos, a maior subida verificou-se no Algarve (11,3%) e a menor na Região Autónoma dos Açores (3,1%).

Algarve lidera, Lisboa em segundo

No topo de tabela, com o valor médio de avaliação bancária mais elevado está a região do Algarve (1.655 euros por metro quadrado), à frente da Área Metropolitana de Lisboa com um montante médio de 1.539 euros por metro quadrado. Em terceiro aparece a Região Autónoma da Madeira com uma média de 1.333 euros por metro quadrado.

Já no que diz respeito aos valores médios mais baixos, no último lugar da tabela aparecem as regiões da Beira Baixa, com um valor médio de 876 euros por metro quadrado e a da Beira Baixa, com 874 euros por metro quadrado.

Avaliação bancária por regiões | Maio, 2019 | INE

(Notícia atualizada às 11h50 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Avaliação das casas bate novo máximo. Está em 1.265 euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião