Transferências MB Way pagas em quatro bancos. Quanto cobra cada um?

O modelo de cobrança varia consoante os bancos e prevê isenções a um conjunto de clientes, na maioria dos casos os "mais fiéis" ou os jovens. O custo pode ir dos zero euros aos 1,248 euros.

A corrida à cobrança de comissões bancárias pelas transferências MB Way já conta com quatro participantes. Três bancos — BPI, BCP e Crédito Agrícola — já arrancaram, enquanto o Santander Totta está na linha de partida pronto a avançar. Os três primeiros bancos já estão a cobrar pelas transferências MB Way, enquanto a última instituição acaba de anunciar que começará a fazê-lo a 10 de setembro. O modelo de cobrança varia consoante os bancos e prevê isenções a um conjunto de clientes, na maioria dos casos os “mais fiéis” ou os jovens. O custo de cada transferência MB Way pode ir dos zero euros aos 1,248 euros. Fique a saber quanto cobra cada um desses quatro bancos e em que situações tal acontece.

No BPI, a app do banco garante a isenção

O BPI começou a cobrar pelas transferências MB Way no início de maio. O banco aplica uma comissão de 1,248 euros, incluindo já o Imposto de Selo (IS) a uma taxa de 4% por cada transferência MB Way. Essa quantia é, contudo, cobrada apenas aos clientes do banco que optem por usar a app do MB Way, criada pela SIBS, a gestora do Multibanco e comum a todos os bancos. Isentos ficam os clientes do banco liderado por Pablo Forero que realizem este tipo de transferências, mas através da app BPI.

BCP cobra menos na app Millennium

Desde 17 de junho que o BCP aplica uma comissão pelas transferências MB Way. O banco liderado por Miguel Maya passou a cobrar 0,52 euros (inclui IS) por cada operação realizada através da app Millennium. Já para os clientes que façam o mesmo tipo de transferências, mas utilizem a app MB Way, o custo de cada operação é mais elevado: 1,248 euros (inclui IS), valor idêntico ao aplicado pelo BPI.

Quanto cobra cada um dos quatro bancos

(1) e (2) Isento para contas com soluções integradas “Cliente Frequente”, “Millennium GO!”, “Programa Prestige, “Programa Prestige Direto” e “Portugal Prestige”, e clientes com idade até 23 anos. (3) Isento para operações realizadas entre clientes do Crédito Agrícola. (4) Isento para clientes com cartões Stream e Maestro Jovem, #U, #Global U, e Mundo 123. (5) Isento para clientes com cartões Stream e Maestro Jovem, #U, #Global U, e Mundo 123. Clientes com outros cartões também são isentos desde que sejam realizadas no limite três transferências por mês de montante até 50 euros.

Ficam ainda isentos de qualquer custo os clientes do BCP com soluções integradas, independentemente da app utilizada. Especificamente, os aderentes à solução “Cliente Frequente”, “Millennium GO!”, “Programa Prestige, “Programa Prestige Direto” e “Portugal Prestige”. Clientes com até 23 anos de idade também não pagam por esse serviço.

Crédito Agrícola cobra, mas só para contas de outros bancos

O banco liderado por Licínio Pina escolheu o mesmo dia que o BCP para começar a cobrar pelas transferências MB Way. Desde essa ocasião começou a exigir 26 cêntimos (inclui IS) por cada transferência realizada através da app MB Way. Mas esse valor apenas é aplicado quando os destinatários das transferências são clientes de outros bancos. Em operações realizadas entre clientes do Crédito Agrícola não é feita qualquer cobrança.

Santander vai cobrar menos na sua app. Número e valor faz variar custo

O banco liderado por Pedro Castro e Almeida começa a cobrar pelas transferências MB Way a partir de 10 de setembro. O custo vai variar entre os 46,8 e os 93,6 cêntimos (inclui IS), e será diferenciado consoante o tipo de clientes em causa, o número de operações, os montantes envolvidos e a plataforma utilizada. Já os clientes jovens, universitários e clientes com a solução integrada Mundo 123 ficam sempre isentos.

As isenções aplicam-se a clientes com cartões Stream e Maestro Jovem, #U, #Global U, e Mundo 123, independentemente de usarem a app Santander ou a app MB Way. Nos restantes cartões há ainda isenção nos casos em que sejam realizadas no limite três transferências por mês de montante até 50 euros, mas desde que estas sejam efetuadas através da app do banco. Acima desse número de transferências mensais, e sempre que se tratem de operações com um valor individual superior a 50 euros, é aplicada uma comissão de 46,8 cêntimos por operação, a quem utilize a app Santander.

A todos os restantes clientes que não se encaixem nesses casos e que realizem transferências através da app MB Way será aplicada uma comissão de 93,6 cêntimos por cada transferência.

Comentários ({{ total }})

Transferências MB Way pagas em quatro bancos. Quanto cobra cada um?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião