Powell faz brilhar Wall Street. S&P supera os 3.000 pontos à espera de corte de juros nos EUA

Jerome Powell, presidente da Reserva Federal dos EUA, disse perante o Senado que os riscos estão a aumentar e que irá agir de forma apropriada em relação aos desenvolvimentos.

A possibilidade de uma descida na taxa de juro de referência dos EUA está cada vez mais a ganhar forma. O presidente da Reserva Federal norte-americana, Jerome Powell, deu novo alento à hipótese esta quarta-feira na audição semi-anual no Senado e Wall Street reagiu em alta.

Powell afirmou que os riscos da economia dos EUA estão a aumentar com a guerra comercial a penalizar o investimento e a inflação a manter dificuldades em recuperar. Desde a reunião de junho, “as incertezas em relação às tensões comerciais e preocupações com a economia global continuam a pesar sobre o outlook económico dos EUA“, disse.

Reafirmou que a Fed está pronta “a agir de forma apropriada” a apoiar o crescimento económico (que é já o mais longo de sempre).

O discurso de Powell deu ainda mais força à convição do mercado de que a Fed irá cortar o custo do dinheiro em 0,25 pontos percentuais face ao atual intervalo entre 2,25% e 2,5% já na reunião que vai acontecer a 31 de julho. Até ao final do ano, poderá haver outro corte igual.

A hipótese do custo do dinheiro ficar mais barato animou o mercado acionista nos EUA. O índice financeiro S&P 500 abriu avança 0,37% para 2.990,78 pontos e menos de meia hora depois atingiu o marco histórico de superar os 3.000 pontos pela primeira vez.

Já o industrial Dow Jones abriu a ganhar 0,34% para 26.875,11 pontos e o tecnológico Nasdaq sobe 0,51% para 8.183,44 pontos. Em sentido contrário, o dólar segue a desvalorizar 0,35% e a yield das Treasuries a 10 anos avança ligeiramente para 2,096%.

(Notícia atualizada às 15h05)

Comentários ({{ total }})

Powell faz brilhar Wall Street. S&P supera os 3.000 pontos à espera de corte de juros nos EUA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião