Altice tem mais de uma centena de técnicos de prevenção por causa dos incêndios

A empresa de telecomunicações diz que está a colaborar com todas as autoridades que combatem os incêndios que deflagraram este sábado no distrito de Castelo Branco.

A Altice Portugal está a colaborar com todas as autoridades que combatem os incêndios que deflagraram este sábado no distrito de Castelo Branco. Em Vila de Rei, onde teve origem o incêndio mais complicado, que ainda está ativo, a empresa colocou de prevenção mais de uma centena de técnicos especializados.

“A Altice Portugal, desde que foi comunicado o alerta vermelho pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), acionou o seu Gabinete de Crise, e está ativamente a colaborar com todas as autoridades, tendo inclusive colocado de prevenção
mais de uma centena de técnicos especializados, quer a nível central, quer a nível local”, lê-se no comunicado enviado pela Altice.

Só em Vila de Rei, onde deflagrou o incêndio que ainda está ativo, desde sábado que está alocada uma equipa de cerca de meia centena de técnicos que têm acompanhado o evoluir da situação. De acordo com a empresa de telecomunicações, estima-se que, neste incêndio, tenham ardido “cerca de 20 mil metros de cabo de fibra ótica”.

“Estes incêndios têm impacto nas comunicações, não só devido ao facto de estarem em constante evolução, mas também devido à morfologia do próprio terreno, condições climatéricas e às várias frentes de incêndio existentes. O sucesso da operação de reposição de algumas dezenas de serviços de telecomunicações, que já se encontra em curso, dependerá sempre da validação da ANEPC para intervenção no terreno”, pode ler-se.

Quanto à rede SIRESP, a empresa afirma que está “atenta” e que, até ao momento, a rede encontra-se “operacional e sem falhas relevantes”.

Comentários ({{ total }})

Altice tem mais de uma centena de técnicos de prevenção por causa dos incêndios

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião