Bruxelas pronta a ajudar Portugal nos incêndios

"Estamos a acompanhar de perto a situação. A União Europeia está pronta para fornecer mais ajuda", escreveu o comissário europeu para a Ajuda Humanitária e Gestão de Crise no Twitter.

O fim de semana está a ser marcado pelos incêndios que deflagraram este sábado no distrito de Castelo Branco. Do lado de Bruxelas, chega a disponibilidade para ajuda e a sinalização de que o cenário vivido em Portugal não está a passar ao lado da União Europeia (UE).

“Estamos a acompanhar de perto a situação. A União Europeia está pronta para fornecer mais ajuda”, escreveu Christos Stylianides, comissário europeu para a Ajuda Humanitária e Gestão de Crise, na sua conta oficial de Twitter. De acordo com a publicação, “a pedido de Portugal”, Bruxelas está a produzir mapas satélite para os incêndios florestais que afetam a região de Castelo Branco.

Segundo a página da internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), por volta das 14h00, estão 762 operacionais apoiados por 235 meios terrestres e 13 meios aéreos a combater o incêndio ainda ativo no concelho de Vila de Rei, que se propagou ao concelho de Mação, distrito de Santarém.

Durante a madrugada foram dados como dominados dois dos três incêndios que deflagraram nos concelhos de Vila de Rei e da Sertã, distrito de Castelo Branco, mas os meios vão permanecer no terreno para prevenir reacendimentos.

Comentários ({{ total }})

Bruxelas pronta a ajudar Portugal nos incêndios

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião