Duncan sai do Governo britânico. Começa o protesto contra Boris Johnson

Alan Duncan demitiu-se do cargo de secretário de Estado em protesto contra a eventual subida de Boris Johnson ao cargo de primeiro-ministro do Reino Unido. São esperadas mais demissões no Governo.

Alan Duncan, secretário de Estado britânico da Europa e Américas, demitiu-se do cargo esta segunda-feira, dando início a uma esperada sucessão de demissões no governo por parte de críticos do candidato Boris Johnson, avançou o Financial Times (acesso pago).

Duncan estava no cargo há três anos e tem sido uma das vozes mais críticas de Boris Johnson, que é apontado como estando na frente da corrida à sucessão de Theresa May na liderança do Partido Conservador. Consequentemente, o vencedor herdará a pasta de primeiro-ministro do Reino Unido.

Entre as possíveis saídas na calha está a do ministro das Finanças, Phillip Hammond, e a de David Gauke, secretário de Estado da Justiça. Ambos já afirmaram publicamente que abandonarão o cargo se Boris Johnson vencer as eleições primárias no partido.

Está previsto que as urnas fechem às 17h00. O nome do vencedor a ser oficialmente anunciado na terça-feira de manhã, de acordo com a imprensa britânica.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Duncan sai do Governo britânico. Começa o protesto contra Boris Johnson

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião