BPI vende carteira de malparado de 200 milhões até final do ano

Há sete ou oito investidores na corrida por uma carteira de 200 milhões de euros de crédito de empresas em incumprimento. Dossiê fica fechado ainda este ano, assegurou Pablo Forero.

O BPI diz que tem o rácio de malparado mais baixo do mercado em Portugal. Ainda assim, o banco prepara a venda de uma carteira de 200 milhões de euros de crédito em incumprimento do segmento de empresas até final do ano. E já tem interessados.

“São 200 milhões com crédito colateral de empresas. Estamos numa fase muito avançada, a receber ofertas sem compromisso firme”, adiantou Pablo Forero, presidente do banco, durante a apresentação dos resultados semestrais. Este portefólio equivale a cerca de 20% do crédito em malparado que o BPI tem atualmente.

Esperamos receber propostas de compromisso firme até final de setembro, para depois tomarmos uma decisão”, acrescentou o mesmo responsável.

Para já são sete ou oito candidatos que apresentaram oferta sem compromisso. “O que interessa é o bidding“, referiu Forero.

O BPI chegou a junho com um rácio de malparado de 3,3%. “Temos o melhor rácio de malparado em Portugal. E, se não é o melhor, é o segundo melhor da Península Ibérica”, notou Pablo Forero.

O banco apresentou esta manhã lucros de 134,5 milhões de euros no primeiro semestre do ano, uma quebra de mais de 60% face ao mesmo período do ano passado, isto porque não contou desta vez com fatores extraordinários, com a venda de participações financeiras.

(Notícia atualizada às 12h23)

Comentários ({{ total }})

BPI vende carteira de malparado de 200 milhões até final do ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião