Quais as ofertas mais baratas na luz e gás? Estas são as melhores para si

As opções mais baratas variam consoante o tipo de consumidor, mas são as ofertas condicionadas as que se apresentam como mais em conta.

Entre as várias ofertas que existem para a energia, aquelas que obrigam o consumidor a cumprir determinado requisitos são as mais baratas. As diferenças entre os preços mais baixos e os mais altos chegam a superar os cem euros, sendo que em quase todos os casos os fornecedores apresentam ofertas mais baratas do que a tarifa regulada.

Os campeões dos preços mais baratos nas ofertas condicionadas são a Galp Energia e a EDP Comercial, enquanto a Endesa se destaca com frequência como a opção mais em conta nas ofertas simples para o público geral. Já a GoldEnergy sai geralmente mais barata para os casais que não têm filhos, que apresentam um nível de consumo mais reduzido.

Estes dados estão presentes no boletim de ofertas comerciais de eletricidade e gás natural referentes ao segundo trimestre deste ano da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), que identifica os fornecedores mais em conta, considerando tanto as ofertas condicionadas como as simples.

Para casal sem filhos

Para tarifários apenas de eletricidade, a GoldEnergy continua a ser a mais barata. O valor anual da fatura é de 443 euros por ano. Seguem-se a EDP Comercial, que é o segundo fornecedor mais barato para este tipo de consumidor, e a Galp Energia, cuja oferta é de 451 euros por ano.

Mesmo excluindo as ofertas condicionadas, que não estão disponíveis para o público geral, é a Goldenergy que sai mais em conta. No extremo oposto desta tabela de preços encontra-se a Elec Energy, cuja fatura anual é de 557 euros, mais de 100 euros acima da oferta mais barata.

Para os casais sem filhos que procurem uma oferta dual (eletricidade e gás), é na GoldEnergy que vão encontrar a fatura mais barata, no valor de 580 euros por ano. Por outro lado, o fornecedor que pratica o preço mais caro é a Rolear, cuja oferta se fixa nos 677 euros anuais, quase cem euros superior àquela mais em conta.

Já para quem consome apenas gás natural, a tarifa mais barata é da Endesa, com um valor de 136 euros por ano, que corresponde a uma poupança de 13 euros por ano em relação à tarifa regulada, tanto nas ofertas condicionadas como aquelas para o público geral. A fatura mais cara é da Audax, no valor de 170 euros anuais.

Para casal com dois filhos

Quando se olha para as tarifas mais vantajosas para as famílias com dois filhos, tendo em conta todas as modalidades, a “oferta comercial de eletricidade com menor fatura anual é da Galp Energia (Galp Continente Eletricidade), com um valor de 1.068 euros por ano, que corresponde a um desconto de 5% e uma poupança de 58 euros por ano em relação à tarifa regulada”, aponta a ERSE.

No entanto, quando se exclui as ofertas condicionadas, que não estão disponíveis para todos, é a Endesa que sai mais em conta, com uma fatura anual de 1.079 euros por ano. Sem as ofertas especiais, a Galp Energia acaba mesmo por cair para o quarto lugar na lista das opções mais baratas. Em ambos os casos, é a Elec Energy que sai mais cara, com uma fatura anual de 1.297 euros, mais de duas centenas de diferença para a mais barata.

No que diz respeito à oferta dual, considerando todas as modalidades, é a EDP Comercial a mais barata, com um valor de 1.331 euros por ano. Já quando se olha para as ofertas sem contrapartidas, “a oferta comercial dual com menor fatura anual é da Endesa, com um valor de 1.337 euros por ano, que corresponde a uma poupança de 74 euros por ano em relação à tarifa regulada”. A Rolear é a oferta mais avultada, no valor de 1.495 euros.

A Endesa destaca-se nas ofertas de gás natural, sendo a mais em conta também para os casais com dois filhos. O valor da fatura é de 259 euros por ano, correspondendo a uma poupança de 25 euros face à tarifa regulada. A GoldEnergy é a segunda mais barata. No sentido oposto, a Energia Simples é a menos acessível, com um valor anual de 315 euros.

Para casal com quatro filhos

As famílias com mais filhos, que encaixam na terceira tipologia de consumidores analisada pela ERSE, encontram na Galp Energia a oferta comercial de eletricidade com menor fatura anual, no valor de 2.255 euros por ano, considerando todas as ofertas. Quando se ignoram as ofertas condicionadas, o fornecedor mais em conta é a GoldEnergy, por 2.323 euros anuais.

Para a oferta dual, de gás e eletricidade, é a EDP Comercial que apresenta a oferta mais barata, que permite mesmo uma poupança de 188 euros por ano para estas famílias. A fatura é de 2.760 euros por ano. Mas retirando as ofertas condicionadas, a Galp Energia sai mais em conta, com uma fatura anual de 2.860 euros. A Rolear é a mais cara em ambos os casos, com uma oferta que ultrapassa os três mil euros.

No que diz respeito às ofertas apenas de gás natural, a Galp Energia sai mais em conta no final do ano para as famílias grandes, com uma fatura de 545 euros. No entanto, se se excluir as ofertas condicionadas, o mercado regulado é mesmo a opção mais barata. Entre os fornecedores do mercado liberalizado com ofertas sem contrapartidas é a Endesa que se destaca como mais barata.

Comentários ({{ total }})

Quais as ofertas mais baratas na luz e gás? Estas são as melhores para si

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião