Revolut já permite negociar ações. E sem pagar comissões

  • ECO
  • 1 Agosto 2019

Novo serviço que não tem limite mínimo de investimento foi lançado esta quinta-feira. Para já, está aberto apenas a títulos de algumas empresas norte-americanas.

A fintech Revolut permite negociar ações a partir desta quinta-feira. Na app da tecnológica, já é possível comprar ou vender títulos de 300 empresas com capital aberto na bolsa de Nova Iorque. O mais atrativo do novo serviço é que não há limite mínimo de investimento e não são cobradas comissões, segundo noticia o TechCrunch (acesso livre / conteúdo em inglês).

Os clientes só poderão, por agora, transacionar ações de empresas norte-americanas. No entanto, o objetivo da empresa é alargar a negociação de títulos aos mercados do Reino Unido e da Europa, bem como incluir ainda exchange-traded funds (ETF).

A inclusão da negociação de ações no serviço da Revolut pretende democratizar o acesso ao mercado de capitais. Com vista a ser de simples utilização, basta fazer top up na plataforma (ou seja, transferir dinheiro para a conta) e investir nem que seja apenas um euro. As cotações em tempo real também vão estar disponíveis.

As transações ou custódia dos títulos até 100 negociações por mês não são pagas, mas ter acesso a este serviço não é grátis. Apenas clientes Metal conseguem ver esta opção nas apps e para se ter este estatuto é preciso pagar 13,99 euros mensalmente. Clientes que queiram comprar ou vender mais que 100 vez por mês, irão pagar uma libra por negociação e uma comissão anual de custódia de 0,01%.

O plano é alargar o serviço a outros clientes. Segundo o TechCrunch, a Revolut Premium irá ter oito negociações por mês sem custos e as contas base poderão fazer três negociações sem pagar.

Comentários ({{ total }})

Revolut já permite negociar ações. E sem pagar comissões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião