Patrões condenam “postura de chantagem” dos sindicatos de motoristas

  • ECO
  • 5 Agosto 2019

“Da nossa parte, consideramos que é mais do mesmo. Esta contraproposta que os motoristas exigem é uma farsa que visa lavar a cara da opinião pública para uma greve que é impopular”, diz a Antram.

A Associação Nacional dos Transportes Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) acusa os sindicatos dos motoristas de manterem uma “postura de chantagem” depois da reunião desta segunda-feira com o Governo onde deixaram “quatro ou cinco pontos” dos quais não querem abrir mão. Os patrões dos motoristas reiteram que não aceitam negociar com uma greve em cima da mesa.

“Da nossa parte, consideramos que é mais do mesmo. Esta contraproposta que os motoristas exigem é uma farsa que visa lavar a cara da opinião pública para uma greve que é impopular”, disse ao Expresso o porta-voz da ANTRAM, André Almeida.

O porta-voz da ANTRAM acusou também os sindicatos dos motoristas de mentirem sobre o documento assinado a 17 de maio quando foi discutida e agendada a greve. Nessa reunião os sindicatos terão assinado o acordo e “rasgaram-no depois”, porque têm consciência do “poder incontornável” que uma greve deste tipo tem.

André Almeida lembrou ainda que a Antram tem em curso uma negociação com a Federação dos Sindicatos dos Transportes e das Comunicações (FECTRANS) que visa “melhorias substanciais” para os trabalhadores do setor. Em causa estão, segundo o responsável, os tempos das cargas e descargas, a forma como estas são feitas e o controlo das cargas nos portos. Estes temas estarão em cima da mesa na reunião que foi consecutivamente adiada ao longo desta segunda-feira para ficar acertada para terça-feira Às 9h30 no Ministério das Infraestruturas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Patrões condenam “postura de chantagem” dos sindicatos de motoristas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião