Vendas de carros novos afundam 19% em agosto. Caem pelo 7.º mês consecutivo

  • ECO
  • 2 Setembro 2019

As vendas de automóveis continuam a derrapar. Recuaram pelo 7.º mês consecutivo, sendo que em agosto houve uma quebra expressiva, com os novos registos de ligeiros de passageiros a caírem 19%.

As vendas de automóveis novos voltaram a travar a fundo. Em agosto, registou-se uma nova derrapagem, sendo que desta vez houve um autêntico trambolhão nas matrículas emitidas entre os ligeiros de passageiros. Os dados da ACAP apontam para uma redução de 19% face ao mesmo mês do ano passado.

“Em agosto de 2019 foram matriculados pelos representantes legais de marca a operar em Portugal 16.035 veículos automóveis, ou seja, menos 14,2% do que em igual mês do ano anterior, pelo que o mercado mantém-se em queda pelo sétimo mês consecutivo”, diz a ACAP, salientando que o saldo no ano é negativo em 5%.

Olhando apenas para o mercado dos automóveis ligeiros de passageiros novos verifica-se “uma acentuada queda homóloga de 19%” nas novas matrículas, com um total de 12.435 registos.

A Renault foi a marca que mais vendeu, mas apresentou uma redução expressiva nos novos registos: -57,2%. Entre as marcas de grande consumo também houve quebra acentuadas, casos da Nissan, Opel e Fiat, enquanto a Peugeot viu as vendas aumentarem 1,5%, enquanto a Citroën cresceu 17%. A Mercedes vendeu mais 10%.

“No período acumulado de janeiro a agosto de 2019 as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 159.466 unidades, o que se traduziu numa variação negativa de 6,1% relativamente a igual período de 2018“, remata a ACAP. A Renault lidera o mercado, mas o saldo do ano é negativo em 15%.

(Notícia atualizada às 17h14 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Vendas de carros novos afundam 19% em agosto. Caem pelo 7.º mês consecutivo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião