Brexit pesa nas bolsas. Lisboa segue quedas da Europa

Depois de um arranque de setembro em alta, Lisboa volta às quedas. Praça portuguesa segue comportamento negativo da Europa, com os investidores de olhos postos no Brexit.

Dia vermelho nos mercados europeus. Receios dos investidores em torno do Brexit estão a pesar na negociação nas praças do Velho Continente, levando a generalidade dos índices a negociarem em “terreno” negativo, tendência a que Lisboa não escapa. O PSI-20 recua, com praticamente todas as cotadas com sinal negativo.

Enquanto o Stoxx 600 cede 0,1%, o índice de referência do mercado nacional cede 0,26% para os 4.909,16 pontos, depois de uma primeira sessão de setembro positiva.

Os investidores estão a demonstrar cautela, afastando-se de ativos de maior risco numa altura em que é grande a indefinição quanto ao Brexit. Boris Johnson está a ameaçar convocar eleições antecipadas para 14 de outubro, 17 dias antes da data de saída do Reino Unido da União Europeia.

Não há um setor que se destaque nas quedas, sendo o comportamento negativo praticamente generalizado nos mercados europeus. Em Lisboa, quase todas as cotadas perdem valor, mas é a Jerónimo Martins quem mais pesa.

A dona do Pingo Doce, que disparou nas últimas sessões, está a perder 0,45% para 15,57 euros, comportamento seguido pela Sonae que recua 0,54% para 83,05 cêntimos.

O BCP também perde valor, recuando 0,36% para 19,15 cêntimos, apesar da queda dos juros da dívida portuguesa a 10 anos para níveis inferiores aos registados em Espanha.

A Galp Energia também recua, enquanto a EDP é uma das duas cotadas em alta (a par da Altri). A empresa liderada por António Mexia regista um ganho de 0,12% para 3,47 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Brexit pesa nas bolsas. Lisboa segue quedas da Europa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião