John Bercow, speaker da Câmara dos Comuns, pendura a gravata a 31 de outubro

Conhecido pelas gravatas arrojadas, pelo humor refinado e pela "voz de trovão", o speaker da Câmara dos Comuns britânica anunciou que está de saída do cargo.

John Bercow, speaker da Câmara dos Comuns britânica, anunciou esta terça-feira que vai abandonar o cargo a 31 de outubro caso os parlamentares decidam não avançar para eleições gerais antecipadas no Reino Unido. Caso haja eleições antecipadas, deverá continuar, mas apenas até ao fim da legislatura.

De acordo com o The Guardian, Bercow justificou a decisão de deixar o cargo com uma promessa que fez à mulher e aos filhos, após as eleições de 2017, de que o atual mandato seria o último. Além disso, disse que a sua saída permitirá que um novo speaker seja democraticamente eleito pelos deputados.

Bercow, com 56 anos, é um experiente político britânico que foi membro do Partido Conservador antes de se sentar na cadeira de speaker em 2009. Ganhou popularidade internacional no início deste ano, após uma série de debates quentes em torno do Brexit numa altura em que a liderança da ex-primeira-ministra Theresa May esteve por um fio devido ao acordo de saída da União Europeia negociado com Bruxelas.

Nos debates parlamentares, Bercow sempre se impôs pela voz forte “como um trovão”, pelo humor astuto e inteligente, pelo grito de “ordem!” direcionado aos deputados e pelas gravatas irreverentes com padrões bem arrojados. Veja o vídeo:

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

John Bercow, speaker da Câmara dos Comuns, pendura a gravata a 31 de outubro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião