Brent já vale menos de 60 dólares por barril

O preço do petróleo em Londres, referência para as importações nacionais, baixou da fasquia dos 60 dólares por barril. OPEP+ não discute novos cortes num contexto de esperado abrandamento da procura.

O preço do petróleo está novamente abaixo dos 60 dólares por barril, perante as expectativas de menor consumo mundial devido ao abrandamento da economia global. O contrato de Brent para entrega em novembro desvaloriza perto de 2% em Londres, com o preço de referência da matéria-prima para Portugal a fixar-se em torno dos 59,59 dólares.

A matéria-prima tem estado sob especial pressão nos mercados internacionais desde o início da semana, com o Brent a acumular perdas superiores a 3%. A mesma tendência é seguida pelo WTI, cujo contrato para entrega em outubro negoceia em Nova Iorque a 54,88 dólares, um recuo intradiário de 1,58%.

Petróleo regressa abaixo dos 60 dólares em Londres

Estas quedas surgem num contexto de desaceleração económica mundial, devido a fatores como a guerra comercial sino-americana e o Brexit. Fatores esses que levaram a Organização dos Países Produtores de Petróleo (OPEP) a rever em baixa o consumo mundial para 2019 e 2020.

Para este ano, o cartel exportador prevê um consumo médio diário de 99,84 milhões de barris, menos 80.000 barris do que o estimado no mês passado. Quanto ao ano de 2020, a OPEP estima agora um consumo inferior em 100,92 milhões de barris diários.

A pressionar o petróleo esteve ainda uma reunião da OPEP+ esta quinta-feira, na qual a aliança não discutiu qualquer corte na produção. Em contrapartida, o encontro focou-se no compliance dos acordos em vigor, nomeadamente em relação à produção da Nigéria e do Iraque.

Comentários ({{ total }})

Brent já vale menos de 60 dólares por barril

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião