Negócio Cofina/TVI terá “impacto significativo” nos media, avisa Francisco Pedro Balsemão

Francisco Pedro Balsemão, CEO da Impresa, está "atento" ao processo de consolidação entre a dona do CM e a da TVI. Concorrência será "positiva", mas depende dos "moldes" em que acontecer.

A Cofina está prestes a fechar a compra da dona da TVI. O negócio está na fase final, com a Impresa, dona da SIC, “atenta” ao desenrolar de um processo que, diz Francisco Pedro Balsemão, terá um “impacto significativo” nos media nacionais. Surge um concorrente, mas a concorrência não assusta. O CEO da Impresa diz que é positiva, mas tudo depende dos “moldes” em que esta consolidação terá lugar.

“Temos que estar atentos a este processo. É um processo que terá impacto significativo sobre o ecossistema mediático em Portugal”, diz Francisco Pedro Balsemão ao ECO, à margem da entrega dos IRGAwards. “Enquanto maior empresa de media em Portugal, temos de estar atentos”, diz, salientando que a Impresa está mais do que disponível para dar o seu “contributo para uma reflexão e uma ponderação séria sobre a operação”.

"É preciso ver quais são os moldes em que [a operação] vai decorrer, qual o portefólio que vai surgir, qual será a estrutura acionista e quais os interlocutores que vamos ter do lado de lá.”

Francisco Pedro Balsemão

CEO da Impresa sobre o negócio Cofina/Media Capital

A compra da Media Capital pela dona do Correio da Manhã e da CMTV, num negócio avaliado em 255 milhões de euros, criará um “novo concorrente. E a concorrência é positiva”, diz o CEO da Impresa, salientando o “ótimo momento” que a SIC está a viver, liderando as audiências desde fevereiro “e reforçando essa liderança”. Ainda que veja a concorrência com bons olhos, diz que é preciso “ver quais são os moldes em que [a operação] vai decorrer, qual o portefólio que vai surgir, qual será a estrutura acionista e quais os interlocutores que vamos ter do lado de lá”.

Questionado sobre se o preocupa os acionistas que poderão entrar neste negócio ao lado de Paulo Fernandes, como Mário Ferreira e o Abanca, Francisco Pedro Balsemão recusa comentar. “Isso é o que tem saído, mas não está confirmado. Quando as coisas estiverem definidas, vamos pronunciar-nos junto das entidades reguladoras. Este processo terá de ser apreciado pelas entidades reguladoras”.

Comentários ({{ total }})

Negócio Cofina/TVI terá “impacto significativo” nos media, avisa Francisco Pedro Balsemão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião